Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

MENSAGENS


10/10/2017 - Mensagem desta semana: Boas intenções!

Esses dias pude refletir, no culto, sobre uma parábola de Mateus 21.28ss, em que um pai pede ao filho que vá trabalhar na vida, este responde, prontamente, sim, e não vai; ao outro filho faz o mesmo pedido, esse diz que não, mas depois se arrepende e vai. Ao refletir sobre esse texto perguntei-me: Qual o valor de uma boa intenção? Pois, o filho havia dito SIM, mostrou sua boa intenção, sua presteza, mas falhou apenas numa coisa, talvez a mais importante: na atitude.


Ter boa intenção não edifica. Não leva a nada. Não chega a realizar seu intento. Não produz. Fica o dito pelo não dito. Na vida espiritual, por exemplo, não basta apenas a boa intenção, faltando fé, convivência com Deus e arrependimento verdadeiro, somos conduzidos para longe de Deus. Diz um ditado popular que o “caminho para o inferno está marcado por pessoas que só tiveram boas intenções na vida”. Verdade ou não, é no mínimo preocupante. Atitude é o que Deus espera de nós e isso faz a diferença seja na nossa vida com familiares, comunidade, trabalho, etc. Pense Nisso.


Tenha uma ótima e abençoada semana.


 


Pastor Luciano Miranda Martins – 09.10.2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.

23/08/2017 - Mensagem desta semana: Mateus 5.14 “Vocês são a luz do mundo”.

Cada cristão, nos diz Jesus, é fonte de luz ou escuridão para o mundo em que vive. Essa responsabilidade de ser fonte de luz traz consequências práticas a todos nós. Os atos praticados por pessoas que são fonte de luz são o oposto dos atos praticados por quem é fonte de escuridão. Aqueles que são luz, são portadores de bondade, honestidade e verdade.


Ao ligarmos nossos Televisores, lermos o nosso jornal, acessarmos meios de comunicação são essas as palavras que estão nas manchetes. Talvez elas não estejam destacadas assim como eu as destaco, talvez nós as vejamos assim: Maldade, corrupção, falsidade, violência...


Facilmente jogamos todas as responsabilidades pela situação do mundo sobre os ombros das autoridades constituídas. Ao mesmo tempo, porém, continuamos a jogar o lixo em qualquer lugar, a desrespeitar regras de trânsito etc.


Acho que não é difícil entender o que Paulo nos diz. As suas palavras nos alertam para que através de nossas palavras e ações façamos a diferença aonde estamos. Não somos apenas vítimas de uma sociedade violenta, injusta, corrupta e má. Nós somos parte dessa sociedade, e assim somos, sim, capazes de agir para que ela seja diferente através de nossos testemunhos pessoais como luz que somos, pois somos e estamos à luz de Cristo. Pense Nisso.


Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 21/08/2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.


03/07/2017 - Mensagem desta semana!

A vida requer de nós, cristãos, olhos abertos e atentos. Não apenas os olhos físicos, mas, acima de tudo, olhos espirituais que sejam capazes de identificar as necessidades, mas também os potenciais alheios. No livro de Eclesiastes, Salomão nos diz que “não há coisa melhor do que alegrar-se e fazer o bem”. Você há de concordar comigo que somente uma pessoa sábia e comprometida com os princípios eternos de Deus seria capaz de dizer tão profunda verdade com tanta simplicidade. Não é por acaso que muitos enfatizam o fato de a vida ser uma arte.  Não é fácil ter olhos para se alegrar com as pequenas coisas de todo dia: Curtir a beleza e o aroma de uma flor; encantar-se com o nascer do sol ou curtir no silêncio da noite a beleza do luar. Quando foi a última vez que você tirou tempo para isso?  Alegre-se com o amor de Deus por você.


Tenha uma bela e abençoada semana. 


Pastor Luciano Miranda Martins – 03/07/2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.

26/06/2017 - Mensagem desta semana

Estamos iniciando um novo dia, uma nova semana. Mais uma vez Deus está nos dando a oportunidade de fazermos algo que dê valor e sentido a nossa vida. Sei que muitos de nós começaremos esta nova semana trazendo as marcas de coisas que ficaram pelo caminho. É triste, mas nem sempre conseguimos fazer todas as coisas de que gostaríamos, ou precisaríamos fazer. Precisamos assumir nossas escolhas, tomar novas decisões e arcar com as suas consequências. Não é possível deletar as coisas na nossa vida como deletamos textos em nossos computadores. É por isso que viver é uma arte. Um desafio que precisa ser vencido a cada amanhecer. Que Deus abençoe as suas escolhas, permita que Ele faça parte nelas. Uma abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 26/06/2017


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC

19/06/2017 - Mensagem desta semana: Enganoso Coração

No livro do profeta Jeremias 17.9 lemos: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto, quem o conhecerá? ”. Esta palavra nos alerta para o fato de que o problema do ser humano não é meramente exterior, não é fazer coisas más, mas é ser mau e trazer esta maldade em seu coração. De acordo com a Palavra de Deus, nascemos em pecado, carregamos dentro de nós uma natureza que nos leva a fazer coisas más. Chame-se isso de tendência, inclinação, propensão ou outro nome qualquer. O fato é que a maldade está aí, bem presente. O propósito do cristianismo é levar as pessoas de volta a Deus. Levá-las a confiar nele, pois Ele é o único capaz de criar, dentro de nós, uma nova natureza. Mas, o cristianismo real e verdadeiro vai além da conduta exterior. Ele vai às raízes. Cura lá dentro. Muda o coração, transforma a natureza, reproduz na pessoa os ensinamentos de Cristo. O Nosso Deus promete um coração novo, transformado e cheio de vontade de amar a Deus e o próximo como a si mesmo. Pense nisso e tenha uma bela e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 19/06/2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC

05/06/2017 - Mensagem desta semana: Eu e Zaqueu!

Hoje de manhã fiquei pensando muito na minha vida, pensando nas alegrias e dificuldades, nos sonhos. Imediatamente, veio a minha mente a figura de um homem chamado Zaqueu. A história diz que Zaqueu era muito rico. Na verdade, ele era o chefe dos publicanos. Os publicanos eram aqueles que cobravam os impostos. E por causa da sua ganância eram considerados pela sociedade como ladrões (qualquer semelhança com 2017 não é mera coincidência).


Um certo dia, Zaqueu soube que Jesus iria passar pela cidade e então resolveu ter um encontro com Ele. Mas a multidão era grande e, se tentasse aproximar-se de Jesus, no mínimo seria impedido pela multidão que conhecia a sua fama. Como ele era de baixa estatura e não poderia ver Jesus de longe, resolveu subir em uma árvore. Imagine, havia ali centenas de homens e mulheres que lutavam um contra o outro por um lugar especial perto de Jesus. Cada um sentindo-se com mais direito do que o outro e, de repente, o Mestre olha para quem não esperava nada, para quem se sentia indigno, insignificante, perdido entre os galhos de um sicômoro, e o chama pelo nome: "Zaqueu"? Assim são as coisas com Jesus. Para Ele não existem multidões, existem pessoas. Ele chora com sua dor e se alegra com seus sorrisos.


Para continuar a reflexão, quero deixar a você algumas lições que Zaqueu nos transmite e que para mim servem de inspiração para continuar e não desistir. Primeiro, Zaqueu era um homem decidido, mesmo tendo a multidão e a sua estatura como um grande impedimento, ele não desistiu de buscar a Cristo. Os obstáculos não serviram para ele como motivo de desistir e é isso que Deus quer ver em nós. Muitos de nós têm desistido de seus objetivos muito facilmente. Segundo, a história diz que ele, correndo adiante, subiu na figueira. Veja, ele seguiu adiante, esse é um dos segredos de um vencedor, seguir adiante. Não pare meu amigo, não desista de seus objetivos. Lute com todas as armas possíveis. Faça a sua parte e Deus fará a dele. Terceiro, Jesus sentiu a fé no coração de Zaqueu. Muitos não gostaram do que viram, porque para eles Zaqueu era um ladrão. Mas, para o Senhor Jesus, que conhece o homem por dentro, ele era um homem arrependido, decidido a mudar. E ele conseguiu o que queria. Ele teve seu encontro com o Senhor Jesus. Acredite que esta promessa é também para você hoje, para este dia. 


Por isso, Zaqueu nos mostra que você e eu também podemos conseguir. Veja, a história conta que Jesus estava passando. Não estava escrito que Ele iria ter um encontro com Zaqueu, mas Zaqueu fez com que o milagre acontecesse em sua vida, através de sua fé e perseverança. Lembre: a palavra de Deus diz que tudo é possível ao que crê. Não desista de seus sonhos. Lute por eles. Faça o que estiver ao seu alcance. Não se preocupe com o que os outros pensam ou dizem. O sonho é seu, a missão é sua e certamente a bênção também é sua. Coloque sua vida nas mãos de Deus. Pense nisso.


Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 05/06/2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.

31/05/2017 - Mensagem desta semana: E o nosso horizonte?

Com muita autoridade e propriedade, alguém certa vez disse: “As limitações vivem apenas nas nossas mentes, mas se usarmos a nossa imaginação, as nossas possibilidades se tornam ilimitadas”. Não há como discordar desta afirmação, pois ao redor de cada círculo, um novo círculo pode ser formado. Ao redor de cada cerca, existe um campo aberto que pode ser cultivado e semeado. Ao redor de cada limitação existe uma ilimitada expansão de possibilidades. Ao redor de cada experiência, existem maiores e mais significativas experiências a serem vividas.


Você há de concordar comigo que, quando estamos em pé numa calçada, o horizonte está apenas a poucos metros de distância, mas, no topo de uma montanha, o horizonte se expande para dezenas de quilômetros. Da janela de um avião sobre as nuvens, o horizonte pode estar a centenas de quilômetros. E quando você deixa a órbita da terra o horizonte é infinito. Por isso, quero lhe fazer uma pergunta: Onde está o horizonte da sua vida?


Você pode bater de encontro como um ioiô nas paredes das suas limitações ou você pode optar por transcender essas limitações e expandir os seus horizontes. Acredite: você só está limitado pelas fronteiras que você coloca sobre si mesmo. Deus, através das Escrituras nos convida a alçar voos altos e a analogia da águia, descrita em Isaías 40.31, é a imagem preferida do Senhor pela sua alta autonomia de voo. “Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças e subirão com asas como águias; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão”.


Por isso, seja persistente e tenha a certeza de que as grandes e sólidas realizações vêm para aqueles que permanecem firmes em seus propósitos e se mantém focalizados e positivamente comprometidos com os seus alvos venha o que vier. Os ventos podem bater forte, as tempestades podem vir com chuva e trovoadas, mas a montanha permanece firme. Seja uma montanha. Fique firme na sua resolução de alcançar aquele destino o qual você sente que Deus tem para você. Coisas triviais e sem significado certamente virão para distraí-lo e retirá-lo do seu propósito. Faça a decisão de ignorá-los e continue se movendo gradual, mas, consistentemente, rumo ao seu alvo.


Preocupações, medos e ansiedades certamente fazem parte da trajetória, aprenda com elas e continue progressivamente em sua jornada. É certo que vão aparecer aqueles que irão criticar, duvidar de você e talvez até zombar. Não dê atenção a isso, fique firme na sua trajetória. Enquanto você prossegue na sua jornada, não se esqueça que são muitos os que estabelecem alvos, mas são poucos os que persistem longamente em seus propósitos. Seja um daqueles que através da persistência e total submissão a Deus experimentam a verdadeira e significativa vitória de um alvo alcançado. Persista! Não é por acaso que o profeta Isaías nos diz: “O Senhor dará uma paz perfeita a todos que confiam Nele, aos que concentram os seus pensamentos Nele. Confiem para sempre no Senhor, porque no Senhor Deus vocês encontrarão a força que nunca se acaba” (Isaías 26.3-4). Pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 22/05/2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.

16/05/2017 - Mensagem desta semana: E a vida?

Depois de alguns dias tumultuados, de dor, angústia, saudade, sofrimento e luto pela morte da minha mãe no último dia 08, volto a escrever o meu “Boa semana” e quero refletir com você sobre a vida. Ou melhor, quero chamar você à reflexão junto comigo, por isso lhe pergunto: Qual é o propósito da sua vida?  Faço essa pergunta pelo simples fato de que tudo ou grande parte das coisas apresenta um propósito, um objetivo, será que o mesmo acontece com a sua vida? E mais, estamos acertando o caminho desse propósito? 


Vivemos num mundo cercado pela premissa de que “a quantidade é muito melhor do que a qualidade” em muitos aspectos, não é mesmo? Não é uma das máximas de nosso tempo? Mas vamos continuar a nossa busca. Viemos para ser os melhores em qualquer coisa que façamos? Isso faz muito sentido, a competição está em tudo. Viemos para ter mais do que todas as outras pessoas? Para ser mais do que todos? Viemos para conhecer lugares, pessoas, situações, e para tirar vantagem de tudo, pois o que importa é o que vou ganhar com isso? Viemos para ter razão, afinal sou mais esperto que todos, muito mais inteligente, pois só os melhores são lembrados?


Será que é isso mesmo? Você, de fato, já se perguntou alguma vez por que vivemos? Qual o propósito da vida? O mundo está melhor comigo? Estou indo na mesma onda da maioria? O que permanece depois morremos? Já se perguntou? 


Se olho para a palavra de Deus, descubro que vim a este mundo para fazer a diferença. Para ser sal e luz. Vim para ser instrumento para trazer alegria e esperança às pessoas que estão a minha volta. Claro que não há nada errado em querer ter as coisas, viajar, ser bom no que faz, mas isto é apenas uma parte na nossa existência. Somos seres de relacionamentos e a vida acontece à medida que nos relacionamos com as outras pessoas. Por isso, aproveite este dia para descobrir  qual a razão do seu viver. Pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 15/05/2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.

27/04/2017 - Mensagem desta semana: Você pode!

Você pode!


Você deve estar pensando agora: Eu posso? O que é que eu posso? Você pode muita coisa. Você pode mudar o seu dia, pode mudar sua vida. Quer ver como isso funciona? Se você chegou em seu trabalho e encontrou alguém mal-humorado e isso pode deixar você chateado o dia todo, então, como eu já disse: Você pode. Você pode mudar esse cenário. Quer ver? Você pode simplesmente, com um sorriso, olhar nos olhos dessa pessoa e educadamente desejar que ela tenha um “Bom Dia Hoje” e pensar: Ela não acordou bem hoje, eu não tenho culpa disso nem vou me chatear por causa disso também. Não vou deixar que ela estrague o meu dia. Ah, e tem mais. Sua agenda tem marcado um compromisso, para logo mais, que é na verdade um “abacaxi para ser descascado”? Você pode encarar como uma tarefa, que, ao terminá-la, vai lhe permitir um prazer tão grande, que você nem vê a hora de encarar e fazer.


Eu sei que parece tudo muito fácil, tudo muito lindo, não é mesmo? Eu entendo que tudo é uma questão de perspectiva. Se você achar que a vida é uma droga, então o melhor que tem a fazer é voltar para casa e enfiar-se na cama, porque a vida será realmente uma droga. Mesmo que você não acredite, ou aceite essa ideia, você tem nas mãos força para mudar um dia ruim, num dia excelente.


Por isso eu quero lhe encorajar a pensar positivamente em toda e qualquer situação. Independente do que venha a acontecer, diga para si mesmo: “Eu acredito que posso ser melhor hoje, irradiar luz, harmonia, paz, amor e carinho para todos a minha volta. Eu acredito que posso criar em minha volta uma atmosfera que não permita que o mau-humor venha me atingir. Eu acredito que posso mudar tudo com um sorriso sincero. Eu também acredito que não posso fazer tudo de uma única vez. Mas gradativamente, a cada dia, eu posso escrever minha história de vida de tal forma que tenha orgulho de contá-la para todo mundo. 


Eu não poderia terminar simplesmente falando que você pode isso, pode aquilo, aquele outro, sem mostrar um exemplo de que o “Querer é Poder” com uma notícia real. Em 2012, Spencer West, um americano sem pernas, atingiu o cume do Monte Kilimanjaro, a montanha mais alta da África, caminhando com as mãos para chegar até o topo. Spencer West perdeu as pernas quando tinha cinco anos, devido a uma doença genética. Segundo relatam as agências internacionais, este desafio serviu para arrecadar mais de meio milhão de dólares para serviços de caridade. O Kilimanjaro tem quase 6 mil metros de altura e é a quarta montanha mais alta do mundo. Spencer cumpriu parte do trajeto em cadeira de rodas e outra parte caminhando. Antes da subida, trabalhou com um “personal trainer” durante um ano para fortalecer os músculos dos braços. Precisou de seis dias para subir a montanha e dois para descer, contando com a ajuda dos seus dois melhores amigos.


E você? O que vai fazer agora? Ficar pelos cantos e lamentar-se, ou arregaçar as mangas e ir à luta? A decisão é sua e os resultados também serão seus. Acredite que você pode. Se não conseguir sozinho, peça ajuda, tanto de pessoas, quanto de Deus, mas vá, faça e vença. Pense nisso.


Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 24/04/2017.


Pastor na Paróquia Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.

17/04/2017 - Mensagem desta semana: "Basta ao dia o seu próprio mal"

Neste contexto, lembrei-me de um palestrante que, ao falar sobre o valor ou o peso que damos as coisas, pegou um copo vazio, pôs água, ergueu-o e mostrou à plateia. Então, lançou a pergunta: “Quanto vocês acham que pesa este copo? ” As respostas foram as mais variadas. Depois de ouvir muitos palpites ele retrucou: “O peso real do copo não importa. O que importa é por quanto tempo eu o segurarei levantado. Se o segurar por um minuto, tudo bem. Se o segurar durante um dia inteiro, precisarei de uma ambulância para me socorrer. O peso é o mesmo, mas quanto mais o seguro, mais pesado ele ficará”. 


Essa foi uma lição para minha vida. Percebi que se carregarmos nossos pesos o tempo todo, mais cedo ou mais tarde não seremos mais capazes de suportá-lo. A carga se tornará cada vez mais pesada. É preciso largar o copo, descansar um pouco, antes de segurá-lo novamente. Temos que deixar a carga de lado, periodicamente. Isso nos alivia e nos torna capazes de continuar. 


Não é por acaso que Jesus disse que “basta ao dia o seu próprio mal”.  Por isso, alivie os pesos, os fardos da sua vida. Veja o valor que você dá às coisas ruins, aquelas que lhe fazem sofrer. A única maneira de nos vermos livres delas é procurar enxergar coisas boas e, a partir delas, viver bem e melhor.


Valorizar o lar, a família, observar os filhos crescendo, acompanhá-los na adolescência, na vida adulta, participar da vida deles, procurar valorizar o cônjuge, dar tempo às pessoas e agir para que tudo esteja bem. Essas são algumas atitudes que nos deixam melhor. É fácil? Talvez não. Por isso, não podemos esquecer também da oração, de ouvir uma boa música, da leitura de um bom livro (eu creio que a Bíblia seja o melhor deles). Esteja envolvido em algum trabalho voluntário, pois tal atitude tira o foco de você. Se tiver espaço, cultive um jardim florido e colha suas flores. Deixe a preguiça de lado e acorde mais cedo para apreciar o nascer do sol. Encante-se com o cair da tarde. Resumindo: viva cada momento com todas as suas forças, sem levar consigo cargas desnecessárias. Lembre-se das palavras de Jesus: “Basta ao dia o seu próprio mal”. Pense nisso e tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 17/04/2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.


10/04/2017 - Mensagem desta semana: Venham a mim!

Jesus, enquanto esteve fisicamente entre nós, nos deixou muitos ensinamentos. Foram palavras que deixaram e continuam deixando marcas em nossos corações. Dentre as muitas palavras que nos deixou, quero ressaltar Marcos 10.14 onde ele diz: “Deixai vir a mim os pequeninos, não os embaraceis, porque dos tais é o Reino de Deus”. Aqueles que me conhecem vão entender muito bem o que sinto e muitos, com certeza, sentem o mesmo que eu, quando reflito com vocês a partir dessa palavra. Esta palavra sempre falou muito alto ao meu coração, amo crianças, trabalhar com elas, estar com elas, e nestes 14 anos de vida ministerial sempre tive um cuidado muito especial para com os pequeninos. Pode parecer absurdo, para muitos de vocês, o que vou dizer agora, mas ao longo da minha vida creio que aprendi muito mais sobre o amor incondicional de Deus e sobre como amar a Deus com as crianças do que com adultos. Estar com as crianças, ver sua sinceridade, sua liberalidade, ver sua forma de cultuar Deus sem medos, sem tabus e sem vergonha é algo extremamente gratificante.


Trabalhar em escola ou em comunidade onde há escola da Rede Sinodal, para mim, é um privilégio e, em Carazinho e Ijuí, no RS, ou aqui em Blumenau/SC, tive e tenho essa alegria. Alegria de celebrar com as crianças em meditações ou cultos. É lindo ver as crianças e a alegria com que elas vêm para a Igreja. Vocês precisavam ver a alegria e o brilho nos olhos delas. É algo para jamais ser esquecido.  Fico emocionado com esses momentos, pois são pequenos raios de luz, através da qual Deus nos presenteia.


Pensando nisso, quero lhe fazer uma pergunta? O que você está buscando hoje para sua vida? Lembre-se de que a resposta nem sempre está no conhecimento ou nos doutores, mas ela pode estar na simplicidade e sinceridade de uma criança como esses pequenos que temos ao nosso redor. Que a determinação, o cuidado, o carinho e o brilho no olhar desses pequenos diante de Deus nos inspire hoje e nessa semana santa. Pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana.


 


Pastor Luciano Miranda Martins – 10.04.2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.

03/04/2017 - Mensagem desta semana: Amanhã pode ser tarde!

Em Tiago 4.14, lemos: “Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa”. Esta palavra fala da brevidade da vida, de como o tempo passa e a gente nem se dá conta. Ela me faz lembrar de um texto que li certo dia, mas que a cada dia está mais vivo em minha mente e também em meu coração. Seu autor é desconhecido, mas a verdade que ele proclama é conhecida, vivenciada por todos nós. O artigo é intitulado: “Amanhã pode ser tarde”. Ele diz: Amanhã pode ser tarde para você dizer que ama, para você dizer que perdoa, para você dizer que quer tentar de novo. Amanhã pode ser muito tarde para você pedir perdão, para você dizer: Desculpe-me, o erro foi meu! O seu amor, amanhã, pode já ser inútil; O seu perdão, amanhã, pode já não ser preciso; A sua volta, amanhã, pode já não ser esperada; A sua carta, seu e-mail amanhã, pode já não ser lida; O seu carinho, amanhã, pode já não ser mais necessário; O seu abraço, amanhã, pode já não encontrar outros braços. Porque amanhã pode ser muito, muito tarde! Por isso, não deixe para dizer amanhã: Eu amo você! Estou com saudade de você! Perdoe-me! Desculpe-me! Esta flor é para você! Você está tão bem! Não deixe para amanhã o seu sorriso, o seu abraço, o seu carinho, o seu trabalho, o seu sonho, a sua ajuda. Não deixe para amanhã perguntar: Por que você está triste? O que há com você? Cadê o seu sorriso? Sabe que pode contar comigo? Cadê os seus sonhos? Onde está a sua garra? Lembre: Amanhã pode ser tarde, muito tarde! Procure. Vá atrás! Insista! Tente mais uma vez! Só hoje é definitivo! Amanhã pode ser tarde...


Sim, a única coisa que temos a nossa disposição é o agora, o hoje e precisamos aproveitá-lo da melhor maneira possível. Talvez não tenhamos outra chance, por isso, temos que fazer a escolha certa. Dizer a palavra certa. Enfim, precisamos aproveitar cada oportunidade que nos é oferecida. Desperdiçá-la pode representar um erro, uma perda irreparável na nossa vida e na vida das pessoas que estão a nossa volta. 


Sinta-se desafiado nessa manhã, tenha um tempo para refletir sobre sua vida, sobre suas escolhas e para onde elas levaram você. É tempo de quaresma, por isso, passe um tempo maior com Deus, peça para que Ele oriente a sua vida, para que Ele lhe mostre como aproveitar o tempo e não desperdiçar as oportunidades que a toda hora surgem diante de você. Tome um tempo na companhia de Jesus, tome o firme propósito de dar uma guinada na sua vida, de fazer a coisa certa na hora certa e do jeito certo. Lembre-se de que amanhã pode ser tarde. Pense Nisso.


Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 03/04/2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.

20/03/2017 - Mensagem desta semana: E as pessoas?

Não me considero uma pessoa expert sobre o comportamento humano, mesmo que meus últimos 14 anos de vida tenham sido vividos exclusivamente às pessoas. Mas confesso que aprendi muitas coisas nestes anos de dedicação ao exercício do ministério pastoral. Algumas foi observando, outras escutando, outras sofrendo e outras mais convivendo. Dentre as muitas coisas que aprendi foi que na vida precisamos aprender algumas coisinhas básicas sobre as pessoas. Principalmente se queremos que nossos relacionamentos sejam harmoniosos, prazerosos e edificantes.


Nesse sentido, gostaria de deixar alguns conselhos que podem ajudar muito o nosso relacionamento com as pessoas. Sei que existe um ditado popular que diz: “Se conselho fosse bom, a gente venderia e não daria de graça”, mas, mesmo assim, contrariando esta máxima popular, quero deixá-los para vocês. Se acharem que valem a pena, então os coloquem em prática, se acharem que não: tudo bem, a escolha é sua. Então, vejamos: Seja honesto; trate bem a todos; seja gentil sempre; não seja arrogante; não use as pessoas; não as trate com desprezo; nunca finja sentimentos que não existem. Fazer isso é amar o seu próximo como a si mesmo, mas fazer isso também é amar-se. Agora, se alguém não lhe trata bem, se esse alguém não é honesto contigo, se é arrogante, se lhe despreza, se lhe humilha, se é falso com você, lembre-se de que você não precisa passar por isso.


Você deve agora estar se perguntando: Mas como? Me dá a receita, pastor! Pois se eu lhe contar que não tem receita e que a resposta é mais simples do que você imagina não sei se você irá acreditar. A resposta é tão simples que posso respondê-la com apenas três palavras: Saia de perto! Parece absurdo e desprovido de qualquer sentimento de amor! Ok! Posso até concordar com você num primeiro momento, mas lhe garanto que a melhor coisa a fazer com pessoas que nos fazem mal é sair de perto. É dar um tempo. É deixar a cabeça esfriar. Experimente isso.


Sair de perto? Pode parecer muito duro, não é mesmo? Mas também é uma forma de amar a outra pessoa. Pois, ao invés de ofendê-la, agredi-la, você dá um tempo. Sair de perto é amar-se também! É preservar-se de muita dor de cabeça. É buscar a paz interior. Um outro conselho preciso lhe dar antes de terminar esta reflexão. Se por algum motivo você decidir sair de perto de alguém, quando sair ore por esta pessoa, pois orar por alguém é uma das maiores provas de amor. É colocá-la diretamente no colo de Deus. Pense nisso e tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 20/03/2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.

13/03/2017 - Mensagem desta semana: Sim ou Não?

Como você normalmente reage quando alguém lhe pede algo que você não tem a mínima vontade de fazer? Quando mesmo contra sua vontade você aceita o pedido e se sobrecarrega? Eu tenho certeza de que uma das maiores e também mais difíceis lições que podemos aprender em nossa vida é aprender a dizer “não”. O ex-presidente americano John Kennedy proferiu uma frase sobre este assunto que entrou para história: “Não posso lhe dar a fórmula do sucesso, mas a fórmula do fracasso é querer agradar a todo mundo”.


Quantas vezes você já ficou com receio de magoar alguém e por isso acabou dizendo um sim, mesmo sabendo que estava apenas se sobrecarregando, assumindo um compromisso que iria lhe aborrecer e possivelmente não conseguiria dar conta. Ao agir assim, como se diz na gíria popular, você acabou apenas arrumando “sarna para se coçar”.


Então, atenção nessa história: Numa pequena aldeia, à beira mar, havia um vigia que tinha a função de manter acesa a luz de um farol e, para isso, deveria mantê-la abastecida com óleo. Era um trabalho de muita responsabilidade, porque aquele farol guiava os navios que passavam por um estreito, perigoso e cheio de rochas. Mas, os moradores da aldeia, constantemente, iam até o farol pedir ao vigia um pouco de óleo para suas lamparinas. O vigia, um homem muito bondoso, nunca lhes dizia “não”. Desta maneira, com o passar do tempo, acabou gastando o suprimento de óleo do farol e, aos poucos, a luz daquele importante ponto do litoral foi enfraquecendo, até se apagar por completo. Com isso, o faroleiro viu-se completamente apavorado diante de uma situação que ele próprio ajudara criar: Certa noite, um grande navio aproximou-se do estreito, bateu nas rochas e afundou. A atitude insensata e irresponsável, ainda que bem-intencionada, acabou provocando a perda de muitas vidas.


Assim como nessa história, existem momentos na nossa vida em que precisamos de firmeza para dizer um “não” ou vários, porque assim estaremos evitando prejuízos maiores. Prejuízos para nós mesmos, nossa família, para as pessoas que estão do nosso lado e sabe se lá mais para quem. Nem sempre concordar com todo mundo significa que somos bonzinhos. Dizer “não” não significa que deixamos de gostar, de amar e de querer bem uma pessoa.


Pense sobre isso hoje. Sobre como você tem aplicado este princípio na sua vida. Não diga “sim”, quando, no fundo do seu coração, sua vontade é de dizer “não”. Mas lembre-se de uma coisa muito importante: dizer “sim” ou “não” ainda é uma questão de escolha pessoal e as consequências dessa escolha também. Pense nisso e tenha coragem de dizer “não” quando for necessário. Meu desejo é que o Senhor, que é a fonte de toda a sabedoria, dê a você sabedoria necessária para conduzir sua vida da melhor forma. Pense nisso... ou não.


Uma abençoada semana a todos.


Pastor Luciano Miranda Martins – 13/03/2017.


Pastor na Paroquia Luterana Blumenau Itoupava Seca –Blumenau/SC.

06/03/2017 - Mensagem desta semana: Fale com o coração!

O assunto sobre o qual quero refletir com vocês hoje mexe ou envolve a todos nós: A boca e a língua. Que arma perigosa, como é difícil lidar com elas. Vocês já se deram conta de quantas tragédias acabaram acontecendo pelo simples fato de alguém, em algum momento, ter falado demais ou o que não devia? Quantas vidas foram destruídas por uma simples palavra, e não quero nem entrar no mérito da questão se a palavra foi verdadeira ou não. Até porque existe uma máxima que diz que “a verdade sem amor é brutalidade e que o amor sem verdade é sentimentalismo”. O que sei é que com nossas palavras podemos levantar ou destruir pessoas.


Esses dias achei um pensamento de Mark Twain que dizia com muita sabedoria uma verdade irrefutável, inquestionável: "São precisos, pelo menos, dois anos para se aprender a falar, e o resto da vida para controlar a boca". E não é por acaso que o salmista orou: "Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a Tua face. Senhor, Rocha minha e Redentor meu!" Jesus também é muito mais claro e direto ao afirmar que é o que sai da boca que contamina o homem. É verdade, são as nossas palavras impensadas ou oriundas de sentimentos de inveja, vingança, que acabam fazendo muito mal para as pessoas.


Por isso, se temos algum problema nesta área e pensamos que Deus fecha os olhos a isso, ou que Ele não se importa com isso, pensemos de novo! Leiamos a Bíblia e veremos que Jesus disse: "Mas eu vos digo que, de toda a palavra ociosa/frívola que os homens disserem, hão de dar conta no dia do juízo" Mateus 12.36. E porque Jesus é enfático nesta área, pelo simples fato de que as nossas palavras criam ou destroem, desencorajam ou inspiram. Então, façamos cuidadosamente uso das nossas palavras.


Lembre-se de que as palavras descuidadas são, muitas vezes, apenas conversas sem sentido na qual participamos quando não temos nada de valor para contribuir. Quanto mais as dizemos, mais provável será que elas se deteriorem e se transformem em instrumento de morte que magoam as pessoas. É por isso que Salomão escreve: "Até o tolo, quando se cala, é reputado por sábio" Provérbios 17.28. Eu pergunto: Você confiaria em alguém que fizesse um comentário frívolo/leviano sobre tudo? Certamente que não. Então pare e pense no que sai da sua boca. Acredite: Seremos mais respeitados e causaremos menos confusão se, em alguns determinados momentos, mantivermos nossa boca fechada.


Meu desejo é que dia a dia saibamos refletir sobre tudo isso. Que ao longo deste dia, desta nova semana, pratiquemos a disciplina de controlar as palavras. Se não tivermos nada a dizer sobre uma pessoa ou um fato, fiquemos quieto. Se o que tivermos a dizer não for ajudar a elucidar o caso, ou a outra pessoa a viver melhor, creio que seja uma ótima oportunidade para calar. E se o que tivermos que dizer for prejudicar a outra pessoa mesmo que seja verdade, guardemos para nós e ajudemos esta pessoa a viver bem e melhor. Podemos escolher o que vamos dizer e como vamos dizer. Pense nisso e tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 06/03/2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC

22/02/2017 - Mensagem desta semana: HOJE!

Olá, Bom dia. O que significa o dia de hoje para você? Um Começo? Um meio? Um final? Só mais um dia ou o DIA? Você já notou como todos os começos são entusiasmados? Por exemplo, neste período do ano, as crianças, jovens e adultos retornam às aulas, ou iniciam cursos de qualquer natureza, todos têm uma carga positiva de entusiasmo. Todo mundo está animado e cheio de sonhos e expectativas. Para algumas pessoas começar um novo ano também tem essa qualidade. No entanto, para outras, isto não acontece? Por que será? Será que existe alguma fórmula mágica para fazer de cada novo dia uma nova esperança? Existe alguma maneira de sermos otimistas diante de tantos desafios que o mundo nos oferece?


Se existem fórmulas, mágicas ou maneiras para isso eu não sei! Sei apenas que o resultado do que será meu dia depende muito mais de mim mesmo, do que das circunstâncias que tenho disponível, sejam elas a favor ou contra. Por isso eu proponho que lancemos um propósito individual, logo no início deste dia. Vamos preparar o terreno onde poderemos semear nossas esperanças de um dia melhor. Creio que aqui cabem muito bem as palavras de Bernard Shaw que disse: “As pessoas que vencem neste mundo são as que procuram as circunstâncias de que precisam e, quando não as encontram, as criam”.


Por isso, assuma uma atitude positiva na vida. Não importa o tamanho do seu desafio prometa a si mesmo: Somente hoje, ser forte, para que nada venha perturbar sua paz de espírito. Hoje, ao encontrar pessoas, empenhe-se a falar de coisas boas, coisas que lhe trazem esperança. Evite comentar as últimas tragédias vistas nos noticiários. Hoje, procure mostrar às pessoas que estão próximas de você, que elas têm grande valor. Que sua existência é importante. Hoje, ao olhar para os lados, procure ver o lado bom das coisas e fazer com que o otimismo se torne realidade. Hoje, pense o melhor das pessoas, trabalhe para o melhor e espere o melhor. Hoje, sinta o verdadeiro entusiasmado tanto pelo sucesso dos outros quanto pelo próprio sucesso. Quanto aos erros do passado? Quem não cometeu algum? Procure esquecê-los. Assuma o firme propósito de não os repetir no futuro. Ao encontrar alguém que não esteja tão animado quanto você, ofereça o seu melhor sorriso. Procure aprender algo novo, que ajude você a melhorar a si mesmo. Hoje, prometa a si mesmo ser maior que as preocupações, não se irritar e não ter medo de ser feliz.


Hoje, desejo do fundo do meu coração que você viva com mais entusiasmo. Hoje, mas somente hoje, pois, afinal de contas, amanhã é outro dia, em que todas as promessas irão se renovar. Tenha certeza de que isso criará um ciclo de otimismo em sua vida. Reforçando em você, cada vez mais, a coragem para encarar a vida de frente, dia após dia. Pense nisso e tenha uma abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 20/02/2017.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.


13/02/2017 - Mensagem desta semana: Bem-vindo ao novo!

Bom dia, boa semana, olha eu aí de volta. Como diz a famosa música: “Eu voltei...” Foram alguns dias, mas parece que faz tanto tempo, não é mesmo? Nestes poucos dias percebi o quanto estar com você, a cada semana, mesmo que apenas virtualmente, é importante para mim. É bom poder escrever como me sinto, como Deus tem agido na minha vida e tudo isso traz uma alegria inenarrável ao meu coração. Como é bom estar novamente na sua tela.


Hoje muitos de vocês já estão de volta ao trabalho. Hoje é, com certeza, um dia muito especial, mais um dia que Deus nos concede. Um dia em que podemos escolher o que vamos ser e como vamos viver. Este dia, assim como este novo ano, vai depender muito das nossas escolhas. Podemos até sentir saudade do ano que vai ficando para trás, mas foi necessário ele ir, pois só assim um novo ano chegou e junto com ele a certeza de que as misericórdias do Senhor se renovam a cada manhã.


Faz tão pouco tempo que nos despedimos de 2016, em que se fechou mais um círculo de 12 meses, na nossa vida, e agora estamos vivendo um novo círculo - o de um novo ano! Isso me fez pensar sobre esse processo de início e fim de cada tempo, que todos nós temos disponíveis. São 24 horas e depois inicia um novo dia. São 7 dias que formam a semana e depois outra semana começa. São 28 a 31 dias dependendo do mês e depois mais outro mês. São 12 meses que se encerram e temos a chegada de mais um novo ano. Por isso, o tempo, que é divido em horas, semana, meses e anos e que se encerra, deve ser visto por nós como algo bom e agradável, pois em cada tempo, período, podemos ver a bondade e as misericórdias do Senhor vindo com eles.


A bíblia diz em Lamentações 3 que “As misericórdias do Senhor se renovam a cada manhã”. Sim, todos os dias, temos disponível o novo de Deus e esse novo é como um pão fresquinho para o ser humano que precisa se alimentar. Pois Deus não guarda o pão que sobrou de um dia para o outro dia, Ele não tem pão velho, duro ou mofado para nos dar em cada período que se encerra, Ele nos dá junto com cada tempo o novo que são as suas misericórdias.


Hoje quero orar para que o seu novo ano seja visto como uma oportunidade de desfrutar e agradecer o novo de Deus! Que ele seja um tempo para agradecer a Deus por tudo que Ele já fez por nós e por todas as coisas novas que ainda fará. Aproveite cada novo dia, aproveite seu hoje, para experimentar estas misericórdias que Deus. Veja elas se renovando na sua vida. Sinta Deus tão próximo de você a ponto de perceber o sussurro de sua voz dizendo: Eu amo você. Eu fiz este novo ano para você, para que você possa realizar todos os seus sonhos. Toda vez que você ficar triste, chorar eu quero ser o seu consolo. Aproveite este novo círculo se abrindo na sua vida, invista nele e tenha a certeza de que o Senhor quer fazer dele o melhor ano da sua vida, porque Ele ama você, porque você é especial para Ele. Pense nisso.


Uma abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 13/02/2017.


Pastor na Paróquia Evangélica Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC

14/12/2016 - Mensagem desta semana: É Natal de Jesus???

Estamos a 12 dias do Natal. Incrível como esta data se transformou numa festa de consumo, aliás é a data mais “comercial” do ano. Por isso, resolvi aproveitar a oportunidade, que é propícia, para lançar minha campanha de vendas. Estou lhe oferecendo hoje o melhor produto deste Natal: A felicidade. Não perca mais tempo, compre sua felicidade agora. Ligue já. Faça sua reserva, pois a felicidade está em promoção, parcelada em até 12 vezes, no cartão, boleto ou carnê. Não perca!


Você se assustou? Não deveria, pois é não é assim que, hoje em dia, você vai a qualquer lugar da cidade e compra o que bem quiser. Alguns acham que compram até felicidade. Você pode comprar: comida, bebida, roupa, remédio, tecnologia, velharia, lembrança, esperança, amor, criança, sexo, reflexo, beleza, companhia, segurança, proteção, diversão, ilusão, religião, cultura, saúde e vida. Sim, também vida.


Não é de se espantar que o todo poderoso deus, de alguns, é uma cédula, um cartão de plástico, ou qualquer outra coisa que faça você adquirir o produto dos nossos sonhos. Sem ele você não é ninguém. Na escola, você não precisa mais estudar e nem se esforçar, porque a nota de que você precisa, se o professor não a descola, você usa de meios para tentar comprá-la, por cola ou aquele jeitinho no trabalho do colega. Na rua, o guarda que lhe pega transgredindo a lei, já sei... Na vida, desiludida, compra-se o amor, carinho e não se fica mais sozinho. Os caros presentes, abrem-se os lábios, mostram-se os dentes em falsos sorrisos de contente. Compra-se um novo corpo físico, medido em bombadas de músculos maiores e mais rígidos, mesmo que diminua o senso de… (Ah, deixe pra lá!). Ou então, pode comprar seios durinhos, medidos em mililitros de silicone. Não para amamentar outro ser que vier a nascer, mas amamentar uma vaidade em busca da falsa felicidade. Incrível como as pessoas fazem qualquer coisa por amor ao dinheiro, vendendo-se e entregando-se por inteiro.


Quando será que poderemos ser novamente nós mesmos, humanos, simples, nus, sem nada, sem angústias, sem essa loucura que nos envolve o comércio de Natal? Será que ainda resta uma gotinha de felicidade em alguma loja nos shoppings da cidade? Se tiver? Faça uma reserva para mim. Assim que liberar meu limite do cartão, vou até lá e abasteço meu coração.


Será que enlouqueci? Ou só estou fazendo você pensar um pouquinho para encontrar um restinho de bom senso nesse mercado imenso, onde ser insano é querer ser feliz sem consumir? Pense nisso, pois neste tempo de correria para o Natal e festas de final de ano, quem sabe ainda exista uma possibilidade para sairmos desta loucura de “gastar o dinheiro que não temos, para comprar coisas que não queremos ou precisamos, para impressionar pessoas das quais não gostamos” (AD).


Um feliz tempo de advento.


Pastor Luciano Miranda Martins – 13/12/2016.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC

06/12/2016 - Mensagem desta semana: Advento é tempo de...

Nesta semana iniciamos a segunda semana de advento. Advento é tempo de relembrar. Relembrar o nascimento de Cristo Jesus. Ramos, velas, coroas, estrelas, cânticos, família e comunidade reunida são algumas das marcas deste novo tempo. É tempo de preparo. O Senhor vem e somos convidados a celebrar a sua vinda e presença entre nós. Advento! É tempo de celebrar. Celebrar a boa notícia de Deus que diz, conforme o profeta Isaías: Apresento a vocês o meu servo que tem todo o meu apoio. Escolhido por mim, Ele é o preferido do meu coração. Fiz repousar sobre ele o meu Espírito, para que leve o direito às nações (Isaías 42.1). Assim o escolhido de Deus é fortalecido pelo Espírito de Deus. Ele vem promulgar o direito, a justiça e a verdade. Advento! É tempo de renovar. Renovar a esperança de vida para o mundo. É tempo de buscar um novo caminho em meio à escuridão. Eis que Deus se apresenta em Cristo Jesus! Ele veio para indicar o caminho à humanidade.


A mensagem do Advento provoca em nós a verdadeira esperança pelo reino da justiça e da paz, da verdade e do amor. Assim a época de Advento quer preparar-nos para a recepção do presente do amor de Deus e tornar-nos mensageiros de sua chegada, animando-nos a colocar sinais do seu Reino de justiça e de solidariedade e de vida renovada.


Viver o Advento significa reservar um tempo para revisar nossos projetos, reavaliar o rumo de nossa vida pessoal e comunitária, rever as maneiras de organização de nossa sociedade e onde e como nós nos situamos neste mundo em que vivemos. Advento significa, então, chegada, vinda de um novo tempo, sem injustiças e opressão. Advento é tempo de preparação para recebermos a Jesus Cristo em nossas casas, em nosso trabalho, em nossa vida. Tempo de advento é tempo de esperança. É tempo de sermos mensageiros de esperança, de “boas notícias”. Pense Nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 04/12/2016.


Pastor na Paróquia Evangélica Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.

09/11/2016 - Mensagem desta semana: Temos olhos para ver!

Em 2 Reis 6.17 lemos: E Eliseu orou: “Senhor, abre os olhos dele para que veja”. Para nos ajudar a entender melhor este verso, desejo fazer uma pergunta para vocês: Qual dos cinco sentidos você valoriza mais? Qual deles você não gostaria de perder de jeito nenhum? Posso imaginar que a grande maioria de vocês iria dizer: a visão? No meu caso, sim, para mim essa foi uma das coisas mais sensacionais que Deus criou: podemos enxergar. A capacidade de ver e diferenciar tamanhos e cores, formas, rostos, lugares e tudo o que Deus criou, é realmente espetacular.


Temos olhos, podemos enxergar, mas precisamos pedir a Deus que nos dê visão e que Ele nos mostre muito mais do que aquilo que sonhamos. Quando Deus abriu os olhos do jovem, do nosso texto bíblico, ele viu mais do que podia imaginar que era possível. Ele viu o invisível. Nessa linha de raciocínio podemos dizer que existe a capacidade de ver e a habilidade de ver. Sim, elas são diferentes. Em muitos lugares, há pessoas que veem, mas não têm visão. A visão de Deus faz com que você enxergue aquilo que os outros não enxergam.


O estudante da escola dos profetas tinha a capacidade de ver. Já o profeta tinha a habilidade de ver, por isso ele percebeu o que outros olhos não perceberam. O rapaz via o presente. O profeta via a promessa de Deus, o futuro. O rapaz via o que estava acontecendo. O profeta via o que ia acontecer. Para o rapaz, a situação era de difícil solução. O profeta, por sua vez, sabia quem estava do seu lado e o potencial a seu favor. A palavra do rapaz foi: “O que faremos?” (v. 15). A palavra do profeta foi: “Abra os olhos”.


Diante dos desafios que temos pela frente, pode ser que vejamos dias difíceis. Talvez estejamos cercados de circunstâncias desanimadoras. É a hora de se dirigir ao Senhor dos Exércitos, entrar em seu quarto ou se fechar em seu escritório e falar para Deus: “Senhor, Tu conheces os desafios e problemas que estou enfrentando. Ajuda-me, por favor”. Deus vai abrir seus olhos e mostrar os recursos que estão à sua disposição. Acredite, não peça para que Deus apenas abra seus olhos hoje, mas que Ele lhe de a visão para que você possa enxergar além dos problemas, além das circunstancias, além de tudo e de todos. Pense nisso, tenha visão.


Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 08/11/2016.

31/10/2016 - Mensagem desta semana: Hoje é tempo de louvar a Deus!

Hoje de manhã, no meu dia folga, enquanto ainda estava deitado na cama curtindo aquele momento: será que levanto, será que não levanto? veio à minha mente um hino que falou fundo ao meu coração. Creio que a maioria de vocês o conhece. Ele diz assim: “Hoje é tempo de louvar a Deus, em nós agora habita o Teu Espírito. Então é só cantar e a Cristo exaltar e Sua Glória encherá este lugar”. Esse hino me fez olhar para baixo, não para quem eu deveria ser, ou o que eu e as outras pessoas projetam para minha vida, mas para quem sou de fato. Ele me chamou para a realidade nua e crua da minha vida e de tantas outras pessoas. Você já parou para pensar o quanto nossa boca está sempre aberta para resmungar? Basta uma coisa que planejamos não dar certo e logo vem a exclamação “que droga” e entre ela vários outros possíveis palavrões. Você já parou para refletir sobre o fato de que quase nunca louvamos a Deus quando algo de bom acontece em nossas vidas? Onde fica o “hoje é tempo de louvar a Deus”?


Sei que você pode estar pensando agora: “Mas nada de bom tem acontecido na minha vida, então por que haveria de louvar a Deus?” Mas, você acordou hoje? O que me diz do fato de você estar sentindo o ar passar pelos seus pulmões? Não é bom? Seus olhos não enxergam? Você foi trabalhar? Isso não é o máximo? Ah, você se lembrou de escovar os dentes? Isso não é fantástico? E assim quantas coisas já aconteceram até agora na sua vida? Você já agradeceu a Deus por elas?


A verdade é que muitos de nós temos o mau hábito de ignorar as pequenas coisas que Deus faz em nossas vidas e esperarmos os grandes milagres acontecerem. Abra os olhos e veja que pequenos milagres acontecem todos os dias em sua vida. Você acorda, come, anda, trabalha, há um sol a iluminar todos os dias, mesmo quando você não o vê. Por isso, louve ao Senhor pelas pequenas e maravilhosas coisas que Deus realiza em sua vida. Pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 24/10/2016.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.

31/10/2016 - Mensagem desta semana: Dia da Reforma

Hoje é 31 de outubro, Dia da Reforma, 499 anos se passaram, dia importantíssimo para nós luteranos, mas não vou falar dessa reforma, dessa vocês já lerão e ouvirão bastante por aí hoje. Quero falar de outra reforma, é dia da reforma nos nossos relacionamentos familiares.


Em Marcos 10.14 Jesus nos diz: “Deixai vir a mim os pequeninos, não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus”. Hoje de manhã, quero fazer uso desta palavra de Jesus para nos transportar para uma etapa muito importante da nossa vida: Nossa infância. Quando foi a última vez que você e eu brincamos de verdade com nossos familiares? Quando foi que nos curtimos tanto, rimos tanto que não vimos o tempo passar?


Quantos de nós ainda se lembram da sua brincadeira favorita quando criança? Carrinhos de lomba, pião, pular corda, cabra cega, esconde-esconde, passa anel, bola de gude, pular amarelinha, etc. Será que nossas crianças ainda conhecem tais brincadeiras? Se elas foram tão legais para nós, nos proporcionaram divertimento por horas, faziam com que o tempo e o mundo parassem, por que elas também não seriam importantes para nossas crianças hoje? Não eram estes momentos que nos faziam entrar num mundo mágico com nossos familiares e amigos? Por que não proporcionar este mesmo sentimento hoje? Ou só porque o mundo evoluiu, os brinquedos evoluíram, as brincadeiras evoluíram, só porque a tecnologia transformou o mundo deles e trouxe à tona brinquedos que não exigem criatividade, muito menos esforço, agora temos vergonha de viver tais momentos com nossas crianças?


Será que por trabalharmos demais não nos sobra pouco tempo para brincar? E o que é pior, para minimizar o sentimento de culpa, acreditamos que podemos consertar tudo dando um brinquedo novo, comprar um DVD, colocar um game no computador, enfim, oferecer brinquedos para que nossas crianças possam se ocupar com coisas ao invés de nos ocuparmos uns com os outros e nos divertindo para valer.


Está comprovado que famílias que brincam mais são mais unidas, são mais fortes e suportam melhor os “baques” da vida, pois sabem que podem contar uns com os outros, aprendem a negociar, compartilhar e isto reforça o vínculo familiar. Foi por isso que Jesus pode dizer a respeito de Deus: O pai e eu somos um (João 10.30). A grande e trágica verdade é que a família pode “desmoronar” se a gente não cuidar, investir nela. Vai chegar uma hora em que temos que nos perguntar: o que é mais importante: A casa, a mobília, a cozinha, o escritório arrumado, os enfeites que estão por toda casa ou a família curtindo seu espaço? Fazer da casa um lugar de lazer é uma vacina para muitas desgraças futuras, um escudo protetor das muitas doenças que podem dizimar nossas famílias.


Como você pode ver, brincar é coisa séria para a família. Através da brincadeira, a família, isto vale também para nosso ambiente de trabalho, descobre coisas que na rotina normal não são percebidas. Brincando a gente se solta, mostra o que pensa, sente e sonha. Por isso, meu desafio é que, ao longo deste dia/semana, você tire um tempo para brincar com suas crianças, seus familiares. Saia da rotina e “quebre o gelo”. Não tenha medo de ser feliz e de fazer as pessoas ao seu redor mais felizes. Você e seus familiares são mais que uma agenda ou um emprego. Transforme seu lar, sua casa num ambiente descontraído repleto de pessoas que aprenderam a se curtir, se conhecer e por isso querem continuar este maravilhoso projeto de Deus. Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 31/10/2016.


Pastor na Paróquia Evangélica Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC

20/10/2016 - Mensagem desta semana: O Urubu e o Beija-Flor!

Hoje quero iniciar minha reflexão com um conselho: “Faça o seu melhor, se esforce para ser o melhor nas coisas pequenas e simples”. Falo isso porque geralmente nos esmeramos nas realizações grandiosas, aquelas que causam impacto ou aplausos, mas damos pouco valor às coisas simples e pequenas. Aquelas corriqueiras do nosso dia a dia. Se você se viu neste perfil, então me acompanhe nessa reflexão sobre o Urubu e o Beija-flor. 


O Urubu é um pássaro ao qual atribuímos algumas coisas ligadas ao mau agouro. No entanto, se nos dermos conta de que nosso Deus criou todas as coisas com um propósito, então vamos perceber que cabe ao urubu uma das missões mais importantes da natureza. Cabe a ele alimentar-se da carniça, para livrar o mundo da podridão de corpos de animais sem vida. Vale ressaltar que ele não se alimenta da carne de animais mortos por prazer, mas para realizar sua tarefa de faxinar o mundo. Mas aos nossos olhos não é nada graciosa sua existência.


Por outro lado, ficamos encantados, maravilhados, diante da beleza de um Beija-flor se equilibrando diante de uma flor ao sugar-lhe o que ela tem de mais saboroso, seu néctar. Veja que contradição: O Beija-flor, ao deixar esta vida, tomba em qualquer canto e, finalizando sua existência, torna-se então alimento para o urubu. O urubu por sua vez, ao findar sua missão, viaja para ilhas rochosas ou outros lugares isolados para não contaminar o ambiente com sua decomposição.


Agora, que tal compararmos a vida do ser humano com as do “urubu” e  do “Beija-flor”. A quantas pessoas cabem, nesta vida, a dura missão de urubu e, em função da sua missão, não recebem de nós o devido reconhecimento e respeito, nem os vemos com bons olhos, ou lhes demonstramos a devida gratidão. Já ao “Beija-flor”, que vive de sugar o néctar da sociedade, cabem os aplausos e holofotes. Vejo em muitas profissões como: Garis, zeladores, babás, enfermeiras, policiais e mesmo professores e pastores, a missão de “urubu”. Enquanto que muitos outros, os quais não quero citar, mas que todos sabemos quem são, têm uma existência de Beija-flor, com seus discursos inflamados, sugando o néctar da sociedade, recebendo seu aplauso. Não é esta uma contradição que, muitas vezes, também nós alimentamos?


O que dizer então dos cristãos, que receberam de nosso bom Deus a missão de ser sal da terra e luz para este mundo? Que têm como obrigação (sim como obrigação, apesar de não gostarmos desta palavra) ser um baluarte do amor, da graça, da misericórdia, da moral dos bons costumes, sim, eles ainda existem, mesmo que sejam pouco praticados. No entanto, muitos cristãos preferem apenas viver uma vida de aparências, levando a fé a um nível de entretenimento que acaba dificultando a vida dos outros. Não fazem nada para tirar o lixo deste mundo, mas se esmeram em sugar o néctar dele, pois, afinal, dizem que são filhos do Rei.


Por isso eu digo a você hoje, quando você se sentir um pouco urubu, lembre-se de que a sua existência tem uma razão nobre e foi sabiamente escolhido pelo Deus criador. Portanto, hoje meu aplauso vai para o URUBU! Pense nisso e tenha uma ótima e abençoada semana.


 


Pastor Luciano Miranda Martins – 17/10/2016.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC.


11/10/2016 - Mensagem desta semana: Ensinar à fé!

Ontem vivemos um domingo especial e também um culto especial. Celebramos dois batismos e também o aniversário de batismos de muitos adolescentes de 10, 11 e 12 anos. Foi Incrível, foi demais como diriam os mais jovens. Ontem havia muitas famílias presentes no culto. A família é o maior projeto de Deus para o ser humano. Desde a criação do mundo, Deus instituiu a família. Ao criar Adão e Eva, Deus ordenou que eles tornassem ambos uma só carne, e povoassem a terra, formando família.


Pensando na família, lembrei dos meus filhos, como é maravilhoso olhar para essas crianças e saber que são meus filhos. Tudo o que você quer é vê-los crescendo. E, antes que você se dê conta, eles formam suas primeiras palavras, surgem os primeiros porquês, estão correndo, fazendo amizades, jogando bola, indo para a escola, namorando e, até mesmo, casando-se. Ao pegar os meus filhos no colo, começo uma aventura especial com cada um deles e Deus deu-me o privilégio de estar nela desde o comecinho. De fazer parte de suas histórias.


Por isso, Deus espera que eu e você: "Ensine seu filho no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele”, Provérbios 22.6. Este versículo nos revela pelo menos duas verdades importantes: Primeiro verdade, a necessidade de ensinar a criança. Deus espera que ensinemos nossos filhos. As crianças não nascem sabendo a diferença entre certo e errado. Elas têm que ser ensinadas no caminho em que devem andar. Há um caminho certo e o nosso mundo confuso oferece muitos atalhos. Mas a Bíblia nos ensina que o único caminho certo, o caminho em que devemos guiar nossos filhos, é encontrado em Jesus Cristo. Segunda verdade, o que você ensinar ao seu filho nos primeiros anos de vida provavelmente determinará a direção que ele seguirá durante o resto de sua vida, suas escolhas. Ajude-o a fazer a escolha certa. Você não quer o melhor para seu filho?


Educar uma criança é um desafio enorme, mas vale o esforço. Um engenheiro pode planejar a construção de um edifício imponente, ou de uma cidade, como Niemeyer, que durará séculos, talvez até milênios. Mas, com o passar do tempo, seu nome será esquecido e o edifício irá se deteriorar e ruir. Mas a obra dos pais é diferente. Você está moldando o caráter de um ser eterno que pode glorificar a Deus para sempre. Seu trabalho requer sacrifício e frequentemente o deixará exausto. Ocasionalmente, você ficará frustrado, mas jamais esqueça por que o está fazendo: Porque você ama seu filho e quer o melhor para ele. 


21/09/2016 - Mensagem desta semana: Zona de Conforto!

Quero iniciar meu “Boa Semana” desejando que você tenha, hoje, o melhor dia da sua vida. Que ele seja simplesmente incrível. Mas, para que esse desejo se torne realidade, seja palpável e perceptível, vai depender de algumas atitudes suas. Com isto quero dizer que não basta apenas esperar que as coisas boas aconteçam. Há momentos em que é necessário realizar algumas mudanças em suas próprias atitudes, o que nem sempre estamos dispostos a realizar.


Todos nós somos naturalmente resistentes a qualquer tipo de mudança. Mudar de aparência, mudar de lugar, mudar de emprego, mudar de companhia. Enfim, qualquer mudança causa uma resistência natural. Isso acontece porque as mudanças tiram a pessoa de sua “zona de conforto”, fazem-nas sair de onde já estão habituadas, com os resultados e com as dores, com as alegrias e as tristezas que aquilo lhes causa. Resumindo: Ruim com, pior sem.


Mudança também significa enfrentar o desconhecido. Aceitar que é necessário sair da rotina. Há muitas pessoas que decidem que vão fazer algo, até declaram ou compartilham sua intenção com outras pessoas, mas, com o passar do tempo, percebem que ficou apenas na intenção. Para provar que não estou falando nada absurdo, quero compartilhar uma pequena história e mostrar que isso é mais comum do que você imagina.


Havia cinco sapos em um tronco! Quatro decidiram pular. Quantos ficaram? Você sabe a resposta? Ficaram cinco! Por quê? Porque eles só decidiram, mas nenhum pulou. Quantas vezes nós decidimos fazer alguma coisa nova, mudar algo em nossa vida, mas, com o passar do tempo, nada acontece de efetivo? Você saberia responder por que isso acontece? Muitas vezes, porque deixamos que o medo de arriscar, ou o medo do desconhecido nos provoque uma espécie de paralisia. Então ficamos parados e não agimos diante de uma situação nova.


Fique tranquilo, eu não quero incentivar ninguém a tomar atitudes irresponsáveis. Para todas as mudanças que acreditamos serem importantes ou necessárias, podemos planejar e depois agir de forma responsável. O que não podemos fazer é reclamar de alguma situação que nos causa desconforto, com a qual não concordamos, e não fazer absolutamente nada para mudar.


Isso acontece com grande frequência, com pessoas que sempre têm críticas e reclamações sobre o trabalho, sobre a sociedade, sobre a administração pública, escolas, liderança da igreja, familiares, mas não se dispõem a trazer pelo menos uma sugestão de melhoria. Afinal de contas, reclamar é muito fácil. Mas o agir é que faz toda diferença! Acredite: Não há progresso sem mudança e quem não consegue mudar a si mesmo, acaba não mudando coisa alguma. Por isso, aproveite os seus dias para fazer as mudanças necessárias na sua vida e, após fazê-las, tenha a certeza de que os seus dias serão incríveis, simplesmente incríveis. Pense nisso! Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 19.09.2016.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca – Blumenau/SC

15/09/2016 - Mensagem desta semana: O amor de Deus

A Bíblia está repleta de passagens em que nos é relatada a grandiosidade do amor de Deus. Claro que não poderia ser diferente, pois Deus é amor, e Ele não ama o ser humano por que é uma obrigação. Não! Ele ama o ser humano, eu e você, porque Ele não poderia nos ofertar nada diferente, algo maior ou menor do que isso.


Fico imaginando como seria a nossa vida sem a presença do amor de Deus. O que seriam nossos relacionamentos, quer familiar, quer espiritual, quer profissional, sem o amor de Deus manifestado neles. Creio que a vida seria uma “não vida”. Não haveriam sonhos. Não haveriam olhares apaixonados e cheios de ternura. Não haveria carinho, afeição nas palavras e nossos gestos seriam apenas mecânicos. Nossa vida seria uma tragédia sem precedentes.


Sei que, às vezes, esta verdade pode ser difícil de ser aceita, de ser assimilada, pois todas as circunstâncias apontam para uma “apatia” de Deus, uma “indiferença” de Deus, uma “atitude” punitiva , e por que não dizer “vingativa” de Deus, mas a verdade é que isto não é real. Deus nunca está indiferente para conosco. Até mesmo quando nós nos afastamos dele, Ele sempre encontra uma forma de nos enxergar e expiar, mesmo que seja com o canto do Seu olho. O amor de Deus para conosco é tão grande que Ele não nos olha como somos, ou como estamos, mas como podemos ser. Seu olhar sempre é construtivo, afirmativo e incentivador. E sabem por quê? Porque seu amor é eterno e cheio de misericórdia.


Por isso, não desanime se hoje as coisas estão difíceis. Não diga, não pense, que Deus se esqueceu de você quando as coisas não derem certo na sua vida. Deus não deixa de amar você. Creia nisso. Acredite que esta promessa é para você e não apenas para seu amanhã, mas para seu hoje, seu agora. Não despreze este amor. Não faça de conta que Ele não existe. Deixe que o amor de Deus envolva a sua vida. Mesmo que a dor esteja apertando seu coração a ponto de explodir, mesmo que você sinta que Deus esqueceu de você, acredite, você está enganado. Seu coração é enganoso e se baseia apenas em sentimentos humanos. Deus ama você e esse amor é incondicional. Sinta o amor de Deus manifestando-se na sua vida hoje, agora, neste exato momento. Vivencie esse amor. Pense nisso e tenha uma ótima semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 12/09/2016.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca, Blumenau/SC.

06/09/2016 - Mensagem desta semana: Vivendo sob a graça!

Hoje quero começar essa reflexão orando para que sua semana seja repleta de bênçãos derramadas por Deus. Mas, se isso não acontecer, não lamente, a próxima semana vai ser diferente. Não desista diante dos primeiros obstáculos, dos primeiros “nãos” que a vida lhe impor. Lembre-se de que é você que faz seu dia, sua semana, ser um sucesso ou uma derrota. Escrevo isso por que tenho observado o quanto, no dia a dia, as pessoas competem, não vivem, estão em busca apenas da satisfação pessoal ou de suas vaidades. As pessoas competem arduamente para alcançar um resultado necessário seja numa prova na escola, passar naquele concurso concorrido, no exame do vestibular, por uma vaga em uma organização qualquer, ou simplesmente por querer mostrar aos outros quem é melhor, quem tem poder, quem manda. Bem, se você parar para analisar, existem esses e tantos outros motivos que nos levam à falta de uma boa vivência comunitária. Não é mesmo?


Assim, fica fácil identificar em tantas pessoas ao nosso redor o sentimento de impotência que em muitos produz certas frustrações. Qual a saída? Como dar a volta por cima? Claro que para cada dor há um remédio específico. Com certeza quando estamos diante de uma grande frustração, também surge o desejo de ter uma “lâmpada mágica” guardada no armário, basta esfregá-la, pedir e tudo se resolve. Mas graças ao bom Deus isto não é real e nem possível, pois se o fosse, a capacidade do ser humano de reagir e lutar para conquistar seus sonhos, superar a competição, a inveja, os “grandes poderosos” ficaria completamente perdida, se todas as suas vontades fossem realizadas sem esforço.


Encerro dizendo algo muito direto. Saber lidar com os obstáculos que nos surgem é uma necessidade, uma condição humana. Ela faz parte da sobrevivência e do crescimento. Você apenas precisa aprender a dosar os efeitos ou as reações e empenhar-se mais e melhor para obter o que realmente quer. Não é sem razão que William Shakespeare disse: “Chorar sobre as desgraças passadas é a maneira mais segura de atrair outras”. Por isso, enfrente seus obstáculos, suas frustrações, suas desilusões, deixe aqueles que querem passar por esse mundo competindo que o façam. Viva o seu dia a dia com alegria e sob a graça de Deus, pois ela é gratuita, não precisamos “competir” por ela. Pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 04.09.2016


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca.

30/08/2016 - Mensagem desta semana: Um dia especial!

Inicio o meu “boa semana”, agora em terras catarinenses e em meio a muitas caixas ainda, fazendo algumas perguntas para sua reflexão. Quais são seus planos e perspectivas para hoje? O que você pretende fazer para que este novo dia seja um dia especial, um dia inesquecível? Tenho certeza de que você tem muitos afazeres. De que você tem uma agenda cheia e que já começou o dia provavelmente devendo para ela. Mas não estou referindo-me apenas aos seus compromissos para hoje. A pergunta é diretamente sobre a razão da sua vida, da sua existência e o sentido, a motivação que cada coisa tem na sua vida.


A minha provocação vai no sentido de animá-lo para que você não deixe este dia passar em branco, não desperdice este tempo precioso que Deus está oferecendo a você. Afinal de contas viver é muito mais do que apenas fazer coisas. É muito mais do que realizar tarefas. Viver é aproveitar cada oportunidade, cada gesto, cada palavra, cada olhar, cada respirar e fazer com que assumam um valor dentro do todo. Você pode escolher hoje o valor que queres dar a sua vida. Você pode deixar marcas e acredite, você as deixará, serão elas que dirão as gerações futuras quem você foi e qual foi a motivação da sua vida. Hoje, com o seu agir, você pode escrever para este mundo um testamento e um testemunho que será lido pelas gerações futuras.


Digo mais, devido à importância de cada gesto, palavra e atitude, você não quer e nem pode cometer erros. Então aceite meu conselho: antes de fazer qualquer coisa, antes de desempenhar qualquer atividade, pare um pouco e tire um tempinho para estar ao lado de Jesus. Compartilhe com Ele seus planos, mostre para Ele sua agenda, seus afazeres e peça para que Ele oriente você a tomar as decisões certas e depois executá-las da melhor maneira. Lembre-se de que Deus se importa contigo. De que Ele está interessado em ver você feliz e assim poder também contagiar os outros com sua felicidade. Por isso viva feliz este dia e de uma forma como jamais você viveu qualquer outro dia da sua vida. Deixe de lado seus medos, jogue para longe as dúvidas, suas angústias e acredite que hoje você poderá experimentar apenas um pouquinho de toda a felicidade que lhe cabe. Pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 29.08.2016.


Pastor na Paróquia Luterana Blumenau Itoupava Seca.

16/08/2016 - Mensagem desta semana: Comprometimento

Você já se deu conta de que, quando tratamos de expectativas, existem três tipos de pessoas: As que fazem as coisas acontecerem, aquelas que deixam acontecer e as que se espantam com o que aconteceu. Mas, o que diferencia exatamente essas pessoas em direção às suas metas? Eu acredito que existe uma palavra que define completamente aqueles que “fazem as coisas acontecerem”, e esta palavra é “Comprometimento”.


Infelizmente, a palavra comprometimento tem sido usada de forma indevida por pessoas, empresas e também nas igrejas, o que tem gerado certo ceticismo. A impressão que tenho é que as pessoas não sabem o verdadeiro significado desta palavra que é “estar possuído por uma genuína vontade e intenção de realizar algo”.


Portanto, podemos chegar à conclusão de que quando você tem sonhos e objetivos e quer, realmente, realizá-los, você deve de fato comprometer-se a cumpri-los. Esta é a única maneira que existe de diferenciar as pessoas que realizam daquelas que apenas veem a vida passar, por isso cabe a nós decidirmos o tipo de pessoas que queremos ser.


Eu fiz a minha escolha e a fiz há muito tempo! E você? Lembre-se de que hoje é consequência daquilo que fizemos ontem, como o amanhã é consequência do que faremos hoje. Pense seriamente nisso.


Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 15.08.2016


Ijuí/RS


11/08/2016 - Mensagem desta semana: Seja ousado!

Um tempo atrás li uma palavra de Dale Carnegie, um escritor norte-americano falecido em 1955, que diz: “Arrisque-se! Toda vida é um risco. O homem que vai mais longe é geralmente aquele que está disposto a fazer e a ousar. O barco da segurança nunca vai muito além da margem”. A partir destas palavras, gostaria que você refletisse comigo: O que você gostaria de fazer agora, neste exato momento da sua vida? Existe alguma atitude ousada que você está “louco” para tomar? Por exemplo: levantar-se daí do seu lugar e dizer para alguém, o que vem guardando há muito tempo? Com medo da reação que possa receber?


Quer saber? Se você não tomar uma decisão e ousar fazer, nunca saberá. Ainda ficará remoendo um sentimento que não lhe fará nada bem. Será que não está na hora de ousar? Ouse, ouse... ouse tudo! Não tente adequar sua vida a modelos, nem queira você mesmo ser um modelo para ninguém. Acredite: a vida não vai esperar o momento certo para lhe dar um presente. Se você quer algo, honestamente, dignamente, então, ouse buscá-lo. E aí, vai encarar?


Seja na vida o que você quer ser, mas ouse ser alguém grandioso. Ouse fazer uma revolução no mundo, começando com você. Arrisque-se dar um passo em direção ao desconhecido! Arrisque-se, mesmo que o preço que tenha a pagar seja um pouco alto, mas acredite: valerá a pena.


Lembre-se: Viver é enfrentar desafios. Quem nunca enfrentou desafios, apenas passou pela vida, não viveu. Jesus que o diga. Todo mundo quer uma vida tranquila e estável, mas você percebeu que não se consegue isso sem luta, esforço e muita coragem? Como também, ninguém quer uma vida medíocre, sem sal nem açúcar. Porque, definitivamente, isso não é coisa que engrandece a alma, ou que dá sentido à nossa vida. Se quiseres seguir adiante com glória, tenha ciência de que, às vezes, é necessário mudar a estratégia do jogo radicalmente e ousar.


Você poderá perder muitas peças e muitas batalhas no caminho. Não importa o quanto você sofra, o quanto você apanhe, você precisa reunir suas forças e seguir em frente. Mesmo que tudo lhe pareça perdido, não se esqueça: na vida, assim como num jogo de Xadrez, enquanto você estiver de pé e lutando, nada estará perdido. Basta que você mantenha seu espírito vencedor e deseje ardentemente o que quer alcançar. Por isso, quando tudo parece distante, inalcançável, ouse. Pense nisso e tenha ousadia.


            Tenha uma ótima e abençoada semana!


            Pastor Luciano Miranda Martins – 08.08.2016.


            Pastor escolar do CEAP – Ijuí/RS.


01/08/2016 - Mensagem desta semana: Coma morangos!

Aqui no RS retornamos amanhã (01/08/2016) do recesso escolar. Lembrei que é a reta final para muitos estudantes, muitos, quem sabe, com a “corda no pescoço”, então veio à minha mente um famoso ditado: “Se correr o bicho pega. Se parar o bicho come”. Esse ditado é geralmente usado para mostrar situações que não tenham mais saída. Creio que muitos de nós já vivemos situações em que acreditávamos que não tínhamos como sair delas. Como é angustiante viver tais situações. Como elas nos assustam, nos paralisam e exigem de nós uma postura. A grande pergunta e desafio é: como lidar com tudo isso? Qual a saída?


Refletindo sobre isso, quero compartilhar uma pequena história que pode nos ajudar. Ela conta que "um viajante caminhava descontraído na encosta de um barranco quando, de repente, tropeça numa pedra e desequilibrado ele cai. Num gesto de puro reflexo, ele consegue agarrar-se às raízes de uma árvore. Respirando aliviado ele olha para cima e para seu espanto havia um enorme urso querendo devorá-lo. O urso rosnava, babava, e mostrava os dentes. Como não podia escapar por cima, ele olha para baixo e qual a sua surpresa? À sua espera e pronta para engoli-lo quando caísse estava uma onça faminta. A situação não era nada animadora, a onça embaixo, o urso em cima. Sentindo-se perdido, o homem olhou para o lado e viu um morango vermelho, lindo, saboroso. Num esforço supremo, sustentou-se apenas com a mão direita e com a esquerda pegou o morango. Então levou-o à boca e deliciou-se com o sabor doce e suculento da fruta. Foi um prazer supremo comer aquele morango”.


Talvez você esteja perguntando agora: Mas e o urso? Ora, dane-se o urso, coma o morango! E a onça? Esqueça a onça e coma o morango! A verdade é que sempre existirão ursos querendo nos devorar a cabeça e onças prontas para arrancar nossos pés. Não há como fugir dessa realidade. Ainda assim, precisamos saber sempre comer morangos. Mas, pastor, o senhor não me entende: “Eu tenho tantos problemas para resolver. Ok! Eu também tenho os meus. Sim, eles estão aí e são reais. Eles tiram seu sono, encobrem o sol do seu dia, mas deixa eu dizer algo bem franco e direto: Os problemas não impedem ninguém de ser feliz. Eles não têm vontade e nem vida própria. Nós damos vida a eles.


Por isso, em qualquer situação que seja, quer na sua vida pessoal, na sua vida profissional, na sua caminhada de fé pode não haver outra oportunidade como essa. Saboreie os bons momentos. Não os deixe para depois. O melhor momento para ser mais produtivo e mais feliz é agora. Desfrute o "presente". Desfrute-os com as pessoas mais importantes da sua vida: a sua família. Esqueça os ursos ferozes e as onças famintas, coma o morango. Você precisa aprender a fazer suas escolhas! Não se deixe impressionar demais pelas atrocidades da vida. Mesmo caindo, mesmo não vendo saída, sempre haverá um morango para ser saboreado, não se esqueça disso, pense nisso.


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 01/08/2016.


Pastor Escolar do CEAP – Ijuí/RS.


14/07/2016 - Mensagem desta semana: Assumindo a Fé em Deus!

Creio que você vai concordar comigo que pessoas precisam, mais do que nunca, de Deus em suas vidas. Não há como negar que muitas estão as raias da loucura, pois não sabem o que fazer e nem como fazer para terem paz em seu coração. Como loucas, andam de um lado para o outro. Ficam dando voltas, mas não conseguem sair do nada e quando conseguem sair não chegam a lugar algum. Pior é que elas sabem que se não fizerem nada diferente, do que tem feito até este exato momento, o resultado sempre será o mesmo. Fracasso e mais fracasso. Tristeza e mais tristeza. Desilusão e mãos desilusão.


Eu me pergunto: Quando vamos aprender?. Quando vamos aprender com nossa história, com nossos erros, com nossas lágrimas? Será que já não vimos o bastante? Será que aguentaremos mais um dia sem luz, sem sol, sem brilho, sem esperança, sem Deus?


O triste é que grande parte da humanidade excluiu Deus de suas vidas, de suas decisões e, como que ingenuamente, acreditam que tudo está bem, que tudo vai acabar bem. Quanto engano, quanta ilusão. Quanta prepotência. Agimos como se tivéssemos o controle de tudo e que Deus não passa de uma ideia, uma invenção de gente fraca e sem iniciativa própria que precisa ficar dependendo de um ser superior. Mas você e eu sabemos que não é assim. Existem consequências das nossas escolhas, das nossas atitudes. Existe uma lei que fala que toda ação produz uma reação e com a exclusão de Deus das nossas vidas isto não é diferente. Por mais culto que seja o argumento, por mais racional que seja a ideia. Por mais tentadora que seja uma vida sem Deus, não há como o ser humano ser feliz longe de Deus. Pois foi Ele quem nos criou e não há ninguém melhor do que Ele para nos entender e orientar.


Aproveite os seus dias para conhecê-lo melhor. Leia a Bíblia, pois ela nos revela tudo acerca de Deus. Bata um papo legal, como dizem os jovens, um “papo cabeça”, com Ele. Não se importe tanto com o que os outros vão dizer, não tenha vergonha da sua fé. Acredite, você não precisa fazer grandes coisas para ser uma grande pessoa. Você não precisa impressionar ninguém, basta que você tão somente viva dia a dia e reflita a sua vida a partir dos ensinamentos de Jesus. Isto já será o suficiente para trazer um pouco de paz, alegria e esperança para este mundo caído. Faça isto, assuma sua fé. Pense Nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 11.07.2016.


Pastor Escolar do CEAP – Ijuí/RS

06/07/2016 - Mensagem desta semana: Quem quer perder?

Você gosta de perder? Que pergunta para iniciar a semana não é mesmo? Claro que nenhum ser humano gosta de perder. Faz parte da nossa natureza querer progredir e vencer. Preciso dizer, também, que aparentemente não há nada errado nisto. Se atento para as palavras do Apóstolo Paulo, ele inclusive nos desafia a seguirmos em frente para ganharmos e sermos vencedores. Só que não há como vencer sempre. Existem dias e tempos de derrotas e de perdas. O grande desafio para os filhos de Deus não é como eles se comportam na vitória, mas sim, qual seu testemunho diante das perdas e derrotas? Neste ponto, somos facilmente derrotados, pois nosso testemunho em nada eleva e honra ao Senhor Jesus. Quantas vezes ficamos indignados pelas coisas que nos foram tiradas, pelas perdas. Momentaneamente até dá para entender tal atitude, pois nossa natureza não está morta e é inevitável que ela mostre a sua cara, mas indignação não irá mudar a situação. Além do mais não podemos nos esquecer que Deus está no controle e se estamos no centro da sua vontade Ele não permitirá que nada de mau venha a nos acontecer. Esta afirmação parece absurda, mas ela é verdadeira. Paulo conseguiu entendê-la quando disse: “Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus”.


Eu entendo que se temos consciência da presença e do agir de Deus, nenhuma perda, nenhuma dificuldade pode ser vista apenas como uma coisa ruim. Por isso, diante de momentos difíceis ou quando estamos nos sentindo perdedores não devemos nos desanimar, mas nos resignarmos, não desistirmos, mas, sim, é momento de brigarmos pela vitória. Não fiquemos apenas lamentando o “leite derramado”. Nas derrotas podemos assimilar golpes, trabalhar a dor, e não é momento de fugir, mas de compartilhá-la com quem quer ajudar você a carregá-la e vencê-la juntos. Que ao longo de todos os seus dias você possa cultivar um relacionamento pessoal com Deus, levar a Ele toda sua dor, sua indignação e pedir para que Ele lhe ajude a superá-las. Não fique lamentando, isto não vai resolver seu problema. Pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 04.07.2016.


Pastor Escolar do CEAP – Ijuí/RS.

21/06/2016 - Mensagem desta semana: O Senhor é meu pastor!

Quanto mais eu medito no Salmo 23, mais me impressiona a profundidade da sua mensagem, mais eu percebo o quanto preciso colocar minha vida sob a proteção do meu, do nosso, bom pastor. Para alguém dizer: “O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias”, esta pessoa precisa ter uma intimidade tal que não deixa margem alguma de dúvida do cuidado de Deus. Será que você teria esta mesma intimidade com Deus a ponto de poder fazer suas estas palavras do salmista?


Não é por acaso que este salmo é o mais lido, o mais explorado, pois ele tem uma característica única: é atual. Quando falamos: O Senhor é Meu Pastor, colocamo-nos completamente nas Suas mãos e temos a certeza de que nada nos faltará. Podemos dizer que a nossa condição é a mesma da ovelha, totalmente dependente do seu pastor. Assim como o pastor cuida da ovelha, o Senhor cuida de nós. A ovelha é um animal totalmente dependente. Ela precisa que o pastor a conduza para os pastos verdejantes, mas que também esteja olhando por ela o tempo todo, pois ela não conhece os perigos e quase sempre está metida em apuros. Mas, felizmente, ela reconhece a voz do seu pastor.


Também nós, muitas vezes, não compreendemos os perigos do mundo e por isso, nos colocamos em situações que sozinhos não conseguiríamos sair. Nessas horas faz toda a diferença ter alguém em quem confiar. Alguém que sabemos que se importa conosco. Fico pensando: o que seria de nós se não tivéssemos esta certeza de que Deus sempre virá em nosso socorro? Nunca estaremos tão longe que a sua mão não nos alcance. Ele sempre estará a uma distância em que poderá nos salvar.


Como é bom saber que Deus, o nosso pastor, cuida das nossas feridas, nos carrega quando não podemos mais andar com as nossas próprias forças. E, quando formos nós a passarmos pelo vale da sombra da morte poderemos ter a certeza que, também ali, Deus está conosco. Também ali Ele quer ser a luz que ilumina nossos caminhos. O Salmo 23 expressa uma verdade eterna, sempre atual, não importa quanto tempo passe. Medite nele, pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 20.06.2016.


Pastor Escolar do CEAP – Ijuí/RS.

15/06/2016 - Mensagem desta semana: Dar graças sempre

Estes dias deparei-me com uma frase que mexeu comigo e quero compartilhá-la com vocês nesta manhã: “Eu que me queixava de não ter sapatos encontrei um homem que não tinha pés”. Que frase não é? Lembrei das tantas vezes que fiquei achando-me uma pessoa azarada, injustiçada e tantas outras coisas. Poucas frases mexeram tanto comigo quanto esta. Desde a primeira vez que a li ela impactou-me profundamente.


Junto com a frase que li havia um pequeno comentário que dizia mais ou menos assim: “Lembro que ainda era garoto, quando li esse pequenino texto num recorde de jornal na parede de uma barbearia. Esta frase ficou lá martelando na minha cabeça, mas eu não compreendia o que ela significava. Por que até aquela altura da minha breve existência eu não tinha visto um homem sem pés. Sabe como é? Nascido e criado no interior, vivendo na roça, indo para cidade, apenas para frequentar o colégio e a catequese, a probabilidade de ver alguém nessa condição era muito pequena. Então eu fui perguntar para minha mãe o que significava aquela frase. Ela na sua simplicidade e com seus poucos anos de estudo, explicou: - Filho, na verdade isso quer dizer muitas coisas. Tem gente que reclama, por que não tem um calçado novo, ou o sapato da moda, enquanto que alguém sem os pés muitas vezes está sorrindo, sem ao menos poder calçar um sapato...”


Você já se deu conta da quantidade de pessoas que reclamam de tudo? Elas reclamam das coisas que possuem e não agradecem pelas bênçãos que tiveram. No inverno reclamam do frio, no verão do calor, se chove ou se tem sol também é motivo para reclamar. Vamos encontrar gente morando numa bela casa e reclamando, pessoas ocupando bons cargos reclamando da empresa que os empregou. E por aí vai...


Eu vejo um desafio diante de nós para essa manhã e para cada novo dia: agradecer sempre ao nosso bom Deus por aquilo que Ele nos permitiu alcançar. Devemos agradecer por Ele ter nos dado o dom da vida, vontade e inteligência. Precisamos entender que o mais importante nunca é o que se possui, mas aquilo que conseguimos ser em nossa essência. Nossa integridade, o respeito e principalmente a capacidade de levantar-se todas as vezes que levamos algum tombo na vida. Isto vale muito mais do que qualquer fortuna ou qualquer bem material. Por que podemos perder rapidamente os bens materiais. Mas se não nos faltar coragem, a força de vontade, com certeza reconstruiremos nossa vida. Vamos agradecer pelo nosso dia de hoje? Pense nisso.


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 13/06/2016.


Pastor Escolar do CEAP, Ijuí/RS

06/06/2016 - Mensagem desta semana: Viver bem!

Tenho percebido o quanto é fácil entrarmos na onda dos outros e enxergarmos somente as coisas ruins da vida, ver defeito e dificuldade em tudo. Sem nos darmos conta, acabamos tornando-nos pessoas rabugentas. Refletindo sobre isso e de como preciso me policiar para não entrar também nessa roubada, lembrei de uma frase dita por John Barrymore: “O homem começa a envelhecer quando as lamentações começam a tomar o lugar dos sonhos”. Creio que existe muita sabedoria nestas palavras e deveríamos tomar todas as providências para que elas nunca se tornem realidade na nossa vida.


Certamente você há de concordar comigo que uma das piores coisas que pode acontecer a uma pessoa é ela desistir de seus sonhos. Achar que não lhe resta mais nada nesta vida. Ultimamente tenho pensado muito no meu futuro. Ainda está longe a data, mas esses dias estivesse sonhando sobre o dia em que vou me aposentar. Neste sentido, deixa eu fazer uma pergunta: Alguém já sugeriu a você que se aposente? Ou você mesmo acredita que chegou a hora? Essa ideia de aposentar-se está associada de alguma forma ao envelhecimento. Você tem medo de envelhecer? Eu sei que esse assunto pode ser um tabu para muitas pessoas. Porém, o envelhecimento é um caminho natural da vida. Todo dia envelhecemos um pouquinho, ao menos o corpo físico, o que é percebido claramente, através dos sinais que se evidenciam em nosso corpo. Isso é um fato, sobre o qual não há nada que possamos fazer a respeito. Mas, isso não significa que precisamos nos tornar pessoas amarguradas e rabugentas.


E a fonte da juventude? Por mais que cientistas, magos, alquimistas, estejam eternamente atrás desta fonte da juventude, o que sabemos é que nosso corpo tem um tempo finito de existência. Mas isso não importa, pois o que realmente importa ou pelo menos deveria importar é a nossa atitude mental e nossa maneira de viver da melhor maneira possível, que é aproveitar o intervalo entre o “berço e o caixão”. Viver bem esse intervalo começa por não permitir que a mente, o coração e nossa alma envelheçam. Todos podem rejuvenescer sua mente, derrubando as barreiras ao novo, ao aprendizado, aos desafios modernos do mundo. Pense nisso e tenha uma semana muito abençoada.


Pastor Luciano Miranda Martins – 06.06.16.


Pastor Escolar do CEAP – Ijuí/RS.


01/06/2016 - Mensagem desta semana: Faça o que eu faço

"Faça o que eu digo, não faça o que eu faço!" Essa expressão nos confronta com uma péssima característica humana: a incoerência. Por traz dela está a triste verdade de que o que dizemos ou queremos, nem sempre é o que fazemos. Que tal refrescar nossa memória e nos perguntarmos: Quem de nós já não prometeu iniciar aquela dieta na segunda-feira? Já decidiu juntar dinheiro para comprar algo? Já fez promessas no ano novo? O quê? O que aconteceu que a vontade ficou apenas na vontade? 


Se nós não conseguimos fazer o que deveríamos, em Jesus conseguimos ver exemplo de alguém que conseguia conciliar o que desejava com o que fazia. Ele era perfeito. Seguindo o exemplo do mestre, a primeira coisa que precisamos fazer é buscar uma coerência entre o que se é e o que se aparenta ser. Jesus diz: “Raça de víboras, como podeis vós dizer boas coisas, sendo maus?" (Mateus 12.34). Aqui Ele está dirigindo-se aos fariseus, que eram os religiosos do seu tempo que estavam mais preocupados em manter a lei, em dar o exemplo para outros religiosos do que de fato com as pessoas. Os fariseus eram os que jejuavam e faziam questão de mostrar o rosto abatido para mostrarem-se mais religiosos. Os fariseus eram aqueles que gostavam de orar em público, nas praças e sinagogas para que todos vissem. Aos fariseus Jesus chama de hipócritas. Não sei se você sabe, mas a etimologia da palavra hipócrita é ator. Muitos cristãos são atores, encenando uma falsa espiritualidade e devoção a Deus.


A única maneira para nos livrarmos dessa tendência de sermos “hipócritas” é deixar que Jesus transforme nossa vida, nosso caráter, nossa forma de pensar. Tem gente que fica a vida inteira atrás de Jesus, não sai da igreja, mas não se deixa ser curado, transformado por Ele, e sabem por quê? Por que essa gente acha que o problema só está nos outros. A verdade é que hoje muitos cristãos precisam novamente ser sarados, transformados por Jesus. A coisa mais triste que pode acontecer a uma pessoa é ela achar que não precisa de mudança, ser transformada, que vai morrer assim do jeito que é. É a síndrome da Gabriela: "Eu nasci assim, eu cresci assim, e sou mesmo assim, vou ser sempre assim: Gabriela, sempre Gabriela!" Será que você também pensa assim?


O evangelho de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo nos chama à uma mudança de pensamento (metanóia). Ele nos desafia à uma vida de coerência entre o que queremos e o que, de fato, somos. Precisamos trabalhar constantemente o que somos, lapidar nosso caráter a imagem de Jesus. Mais, ainda assim, não será o fim das transformações. Pois, a transformação de uma vida, dura uma vida. Termino com as palavras de Martin Luther King: “Nós não somos o que gostaríamos de ser. Nós não somos o que ainda iremos ser. Mas, graças a Deus, Não somos mais quem nós éramos”. Pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 30.05.2016


Pastor Escolar no CEAP – Ijuí/RS.


24/05/2016 - Mensagem desta semana: A Felicidade

Você já deve ter ouvido pessoas perguntando: Por onde anda a tal felicidade? Em que esquina ela se escondeu? Estamos vivendo um tempo em que muitos estão procurando desesperadamente a felicidade, outros simplesmente chegaram à conclusão de que ela não existe. Mas, eu posso lhes assegurar que ela não foi embora e tampouco se escondeu. A boa notícia que trago para vocês hoje de manhã é que ela está ao alcance de todos num abrir e fechar de olhos. Não falo apenas dos olhos físicos, falo principalmente dos olhos do coração. Pois, eles conseguem olhar além das circunstâncias e ver o que nossos olhos físicos não conseguem.


Por que tantos não conseguem mais encontrar a felicidade? Porque eles focam a vida com os olhos no amanhã. Tal olhar não é libertador, ele lança a felicidade para um futuro incerto deixando a felicidade apenas naquilo que ainda está por vir. O mais triste para essas pessoas é que a felicidade nunca está no hoje, no agora. Ela fica restrita ao futuro como: quando tiver minha casa própria então serei feliz, ou então o meu carro zero, a faculdade, o mestrado, o casamento, os filhos, um barquinho para pescar e relaxar, a casa da praia/serra, uma viagem etc.


Eu sonho muito, tenho muitos projetos e eles são bons e necessários, pois nos mantêm vivos. Mas, eles não podem nos fazer transferir a felicidade para o amanhã. Pois, se a felicidade é apenas para o amanhã corremos o perigo de nos tornarmos pessoas agitadas, tristes, ansiosas, amarguradas...


Graças a Deus a felicidade está aqui e ela quer fazer parte da sua vida, do seu hoje. Ela quer estar exatamente naquilo que você está fazendo agora. Ela pode estar num final de semana com a pessoa amada, num culto ao lado dos irmãos, num almoço com amigos, numa caminhada, numa boa leitura, no escrever uma palavra para alguém especial ou, então, em tomar um simples cafezinho, no abraçar e consolar alguém, no limpar a casa e porque não no estudar para aquela prova terrível. Diante disso, você está pronto para ser feliz agora?


Não se deixe enganar, a verdadeira felicidade está em poder fazer tudo o que você pode e precisa fazer hoje. Por isso, aproveite esse momento único. Ele não acontecerá de novo. Cada instante é precioso e deve ser aproveitado totalmente. Viva seu hoje sem medo de ser feliz. Reconheça que este novo dia vem e está nas mãos de Deus, o Criador de todas as coisas. Ele sabe o que é melhor para nós. Aproveite mais esta oportunidade de vida que Ele lhe deu e a conduza sabendo que você pode ser feliz e fazer os outros mais felizes. Viva intensamente o dia de hoje, concentre-se nele, cumpra plenamente o propósito para esse dia e deixe o amanhã nas mãos de Deus. Pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 23.05.2016


Pastorado Escolar do CEAP – Ijuí/RS.


17/05/2016 - Mensagem desta semana: Vazios ou cheios?

Estamos passando por um momento de dor, de tristeza, de indignação, na política brasileira. Não vou aqui fazer discurso quando a esse assunto, mas sobre a minha tristeza ao olhar/ouvir/ler os meios de comunicação, especialmente as redes sociais. Fico triste ao ler comentários de pessoas “mal educadas”, pessoas com conhecimento e sabedoria, mas que demonstram, ao escrever, a pobreza da sua educação. Pessoas com muito conhecimento, mas que, infelizmente, não permitem que esse conhecimento transforme suas vidas. Cada vez mais palavras de baixo escalão têm sido proferidas entre os seres humanos. Parece-me que uma intolerância está se enraizado nos relacionamentos. E acreditem, isso não se vence através de leis, podemos até coibi-la, mas ela não sairá da mente, do estilo de vida, do coração das pessoas. A coisa funciona mais ou menos assim: Você pode até tirar uma pessoa do bar, mas você não consegue tirar o bar de sua cabeça.


Pensando nisso compartilho uma história que li algum tempo atrás. Ela tem tudo a ver com a palavra de Mateus 15.18, em que Jesus nos alerta para o fato de que “a boca fala do que o coração está cheio”.


“Certa manhã, um pai, muito sábio, convidou seu filho para dar um passeio no bosque. Como o filho gostava de passear aceitou o convite com prazer. Depois de algum tempo, o pai deteve-se numa clareira e depois de um pequeno silêncio perguntou: ‘Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa meu filho? ’ O filho Apurou os ouvidos alguns segundos e respondeu: ‘- Estou ouvindo um barulho de carroça’. ‘- Isso mesmo, meu filho e de uma carroça vazia’, disse o pai. Impressionado o filho perguntou: ‘-Como o senhor sabe que a carroça estava vazia, se ainda não a vimos? ’ Respondeu o pai: ‘- Ora, é muito fácil saber se uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que ela faz’. Dizendo isso, disse tudo”.


Claro que é apenas uma história, mas ela nos ajuda a entender muita coisa e muitas atitudes das pessoas que estão ao nosso redor. Toda vez que você ver uma pessoa falando alto demais, tratando o próximo com grossura, desrespeito, com prepotência, interrompendo a conversa dos outros ou querendo demonstrar que é dona da verdade, lembre-se da história que acabei de contar “Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que ela faz”.


Hoje, nesta manhã gelada, espero que você não seja encontrado entre aqueles que passam a impressão de ser uma carroça vazia. Fale, sim, mas fale com sabedoria. Reprenda, sim, quando for necessário, mas com amor e brandura. Se você tiver que lutar pela verdade lembre-se de que é a verdade que deve prevalecer e não você sobre as outras pessoas. Demonstre ao mundo, às pessoas a sua volta que você não é uma carroça vazia. Pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 16/05/2016.


Pastor Escolar do CEAP – Ijuí/RS


11/05/2016 - Mensagem desta semana: Alegrai-vos sempre!

O apóstolo Paulo diz em Filipenses 4.11: “Aprendi a viver contente em qualquer situação”. A primeira impressão que tenho ao ler esta palavra é a de que alcançar o contentamento, a alegria, em nossa vida, é algo fácil de ser alcançado, mas a verdade não é esta. Viver contente em toda e qualquer situação talvez seja uma das coisas mais difíceis de ser alcançada em nossas vidas, pois não estamos diante de um fator genético herdado de algum antepassado.


Segundo Paulo, estar contente em toda e qualquer situação é algo que precisa ser aprendido. Aprendido, assim como aprendemos a ler e a escrever. Aprender a estar contente precisa ser uma cadeira da escola da vida que todos nós precisamos cursar. Talvez você até concorde comigo, mas aí surge uma pergunta desafiadora: “Então me diga pastor, aonde encontro essa escola? Com quem aprenderei esta matéria?”


Creio que o próprio apóstolo Paulo nos dá a resposta. Vejam o que ele nos diz em 2 Coríntios 3.5: “Não que por nós mesmos sejamos capazes, mas a nossa capacidade vem de Deus”. Viver contente em qualquer situação, isso só é aprendido quando colocamos nossa vida nas mãos de Deus. Quando o buscamos com toda a nossa força, com todo nosso entendimento. Isso é fruto de uma vida com Deus e de um coração cheio do Espírito Santo.


Por isso, não importa o que esteja acontecendo na sua vida. Você não precisa entrar em desespero, murmurar, desanimar, mas você pode elevar seus olhos para o alto e agradecer a Deus porque também nos momentos ruins da sua vida o Senhor está contigo. Aprenda a viver contente em qualquer situação. Não permita que apenas as coisas exteriores e agradáveis, ou favoráveis, determinem a maneira como você irá reagir a elas. Tenha a certeza de que o melhor do Senhor ainda está por vir. Acredite que assim como a terra recebe a chuva, assim você também receberá o melhor de Deus para sua vida. 


Pense Nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


 


Pastor Luciano Miranda Martins – 09.05.2016.


Pastor Escolar do CEAP – Ijuí/RS.


05/05/2016 - Mensagem desta semana: Abrindo Portas!

Para muitos esta nova semana certamente será decisiva para suas vidas. Decisões terão que ser tomadas e desafios terão que ser superados. A grande pergunta que quero lhes fazer neste início de semana é: “Você está preparado para tudo aquilo que está por vir? Você tem coragem suficiente para tomar as decisões corretas? Será que o medo, as incertezas não vão bloquear suas decisões no momento certo?”


Para encorajar você a não focar apenas nos instintos, nas aparências, eu quero compartilhar uma história que li na semana passada e achei incrível. Creio que ela vai ajudá-lo muito, não só nesta semana, mas para o dia a dia. O princípio que está por trás dela é importante para toda a nossa vida.


“Tudo começa com um Rei que era muito polêmico em virtude de seus atos. Ele pegava os prisioneiros de guerra e os levava para uma enorme sala. Lá eles eram enfileirados no centro da sala e o Rei gritava, dizendo: ‘-Eu vou dar uma chance para vocês. Olhem para o canto direito da sala’. Ao olharem, os prisioneiros viam alguns soldados armados de arco e flechas, prontos para ação. ‘Agora! Olhem para o canto esquerdo’. Ao olharem, todos os presos notavam que havia uma horrível porta de aspecto gigantesco. Crânios humanos serviam como decoração e a maçaneta era a mão de um cadáver. Algo horripilante só de imaginar. O Rei posicionava-se no centro da sala e gritava: ‘-Agora escolham se vocês querem morrer cravados de flechas ou abrir rapidamente aquela porta e entrarem enquanto tranco vocês? Decidam, vocês têm livre arbítrio, escolham’. Todos os prisioneiros tinham o mesmo comportamento: Na hora da decisão, eles chegavam perto da horrível porta de mais de quatro metros de altura, olhavam para os desenhos de caveiras, esqueletos, aspecto infernal e decidiam: ‘Quero morrer flechado’. Um a um, todos agiam assim: Olhavam para a porta e para os arqueiros da morte e diziam para o Rei: ‘-Prefiro ser atravessado por flechas a abrir essa porta e ser trancado lá dentro’. Milhares optaram pelo que estavam vendo e escolhiam a morte dolorosa pelas flechas. Mas, um dia, a guerra acabou. Passado algum tempo, um daqueles soldados do ‘Pelotão da Flechada’ estava varrendo a enorme sala quando eis que surge o Rei. O soldado com toda reverência e meio sem jeito, perguntou: ‘-Sabe, ó grande Rei, eu sempre tive uma curiosidade, não se zangue com minha pergunta, mas... o que tem além daquela porta?’ O Rei respondeu: ‘-Lembra que eu dava aos prisioneiros duas escolhas? Pois bem, vá e abra a porta’. O soldado, trêmulo, virou cautelosamente a maçaneta e sentiu um raio de sol beijar o chão feio da enorme sala. Abriu mais um pouquinho a porta e mais luz e um gostoso cheiro de verde inundaram o local. O soldado notou que a terrível porta negra abria para um caminho que apontava para a grande estrada. Foi aí que o soldado percebeu que a porta dava para a LIBERDADE”.


Como disse antes, todos nós temos que tomar decisões e muitas vezes elas são difíceis, como aqueles soldados diante daquela enorme e horrenda porta. Para uns, ela pode ser o medo do desconhecido. Para outros, uma pessoa difícil. Pode ser o medo de perder o emprego ou medo do diagnóstico médico. Ou quem sabe, medo de ser rejeitado. Pode ser o medo da mudança em alguma área da sua vida. Medo de voar mais alto. Para alguns, a porta é a incerteza que a falta de preparo atemoriza. Ou uma trava imaginária que as inseguranças da vida fabricaram durante a educação.


No entanto, gostaria de encorajar você e dizer: Se você pode perder, você também pode vencer. Se der um passo além do medo, você vai encontrar o raio de sol entrando em sua vida. Por isso, não viva este dia ou qualquer outro dia da sua vida com medo de decidir. Abra portas. Lembre-se de que, ao abrir portas, você enxergará o sol e assim ele poderá inundar toda sua vida. Pense Nisso!


Uma boa e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 02.05.2016


Pastor Escolar do CEAP – Ijuí/RS


19/04/2016 - Mensagem desta semana: Buscai o Reino de Deus!

Em Mateus 6.33 Jesus nos orienta a “buscarmos o Reino de Deus em primeiro lugar, as coisas de Deus e como consequência disto, da fidelidade de, Deus, todas as coisas nos serão acrescentadas”. Creio que esta palavra é muito propícia para nossos dias. Muitas pessoas, eu diria praticamente todas elas, você e eu não estamos excluídos, têm sonhos e projetos para a vida. Isto é maravilhoso, pois não devemos parar de sonhar. Não devemos parar de fazer projetos de vida, pois eles nos ajudam a ter os olhos focados para o horizonte.


No entanto, o grande perigo reside no fato de apenas focarmos nossos sonhos e projetos no âmbito desta existência e no âmbito material e não espiritual. Creio que vocês vão concordar com meu raciocínio: Se o que eu busco para minha vida é tão importante a ponto de investir todo meu tempo, tesouros e talentos, então, nada melhor do que buscar a orientação e instrução do melhor conselheiro. Algo menor do que isto seria pura estultice. Você não concorda comigo? Por isso, faça o que estiver ao seu alcance, mas não se esqueça que a força vem de Deus. Essa força é o fruto que colhemos quando colocamos as coisas de Deus como prioridade na nossa vida. Tenha metas, sonhos, desejos para cada dia de sua vida, mas tenha Deus como o maior alvo e projeto da sua vida. Invista forte e pesado nesta busca e você verá que as outras coisas que pareciam enormes, inatingíveis vão estar ao seu alcance, bem menos distantes do que você imaginava. E sabe por que? Porque o Senhor vai estar contigo. Ele vai honrar sua fidelidade. Ele vai lhe abençoar com bênçãos sem medida. Comece hoje, não espere pelo amanhã.


Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 18/04/2016.


Pastor Escolar do CEAP – Ijuí/RS


13/04/2016 - Mensagem desta semana: Otimismo e fé!

“Uma pedra intransponível para o pessimista é uma pedra de apoio para o otimista”, palavras de Eleanor Roosevelt. Creio que esta palavra tem muito a nos dizer, principalmente nestes tempos de desânimo e descrédito da população brasileira. Mas, a verdade é que qualquer atividade que você exerça, qualquer projeto que você empreenda, o otimismo é um ingrediente fundamental para alcançar um bom resultado.


Acontece que algumas vezes buscar esse otimismo, requer um esforço um pouco maior, um ir mais longe do que o normal. Principalmente quando as circunstâncias não são favoráveis e quando tudo indica que a trajetória será acompanhada de mau tempo, ou que o caminho escolhido é acidentado. Para estas horas, eu sugiro a você buscar inspiração em pessoas que já passaram por algum momento digamos, complicado, mas que mantiveram a esperança e acreditaram num resultado positivo para todo o seu esforço. 


Neste sentido gostaria de convidar você a dar uma olhada num acontecimento determinante na vida de Thomas Edison. Ele era uma pessoa otimista. Numa noite do ano de 1914, seu laboratório começou a pegar fogo. Nele se encontravam todos os preciosos registros, sobre seus inventos. No auge do incêndio, enquanto os bombeiros tentavam apagar o fogo, seu filho, desesperadamente, procurava pelo Pai que tinha o hábito de trabalhar até tarde da noite. Depois de muito procurar ele encontrou seu pai fora do laboratório, olhando serenamente a cena. O semblante dele refletia o brilho das chamas e seus cabelos grisalhos esvoaçavam ao sabor da leve brisa. O filho sentiu um aperto no coração vendo o pai, com 67 anos, testemunhar o trabalho de toda uma vida ser consumido pelas cinzas. Após horas de silêncio, Edison disse a seu filho: “- Existe um grande valor num desastre como este. Todos os nossos erros são queimados. Graças a Deus e podemos começar tudo de novo.”


Thomas Edison, de fato, começou de novo. Até o incêndio, ele tinha passado três anos tentando inventar o “toca-discos” sem sucesso. Três semanas após o incêndio, ele conseguiu. Por isso, eu lhe pergunto: Quantas vezes, você já sofreu algum revés na sua vida e deixou que isto interrompesse algum projeto seu? Como você tem tirado lições e transformado suas perdas em oportunidades para recomeçar?


A verdade é que, em alguns momentos da vida, o mundo parecerá cruel. Deus parecerá cruel, mas quem foi que disse que a vida seria “um mar de rosas”? Ou, quem disse que Deus nos garantiu uma vida sem dificuldades, provações ou fardos? O próprio Jesus nos garante que neste mundo passaríamos por aflições. Mas Ele também afirma que se tivermos bom ânimo e fé do tamanho de um grão de mostarda, ou melhor, se formos otimistas, seremos vencedores. Acredite que o otimismo lhe trará a motivação e essa irá lhe ajudar a entender que o sucesso tem seu preço e somente se você estiver disposto a pagá-lo, vencerá. Pense Nisso!


Uma ótima e abençoada semana a todos!


Pastor Luciano Miranda Martins – 12/04/2016.


Pastor escolar do CEAP – Ijuí/RS


05/04/2016 - Mensagem desta semana: Além do suficiente

Hoje quero aproveitar para refletir com você sobre o texto Mateus 5.39-41: “Eu, porém, vos digo: não resistais ao perverso; mas, a qualquer que te ferir na face direita, volta-lhe também a outra; e, ao que quer demandar contigo e tirar-te a túnica, deixa-lhe também a capa. Se alguém te obrigar a andar uma milha, vai com ele duas”.


Vejo nestas palavras de Jesus não apenas uma prática a ser cumprida em nossas vidas, mas sim um princípio norteador de vida. Posso dizer que a segunda milha não é suficiente em si mesma porque a segunda milha é um princípio: o princípio de transcender, de ir além. O mesmo vale também para o dar a outra face. Ela também é um princípio de vida cristã. O que Jesus está querendo nos ensinar é que viver debaixo da sua orientação, sua autoridade, é ir muito além de atos mecânicos, humanos e repetitivos, ou de uma simples boa ação. Ele não está falando de simplesmente cerrarmos os dentes e permitirmos que alguém nos bata. Ou que andemos a segunda milha porque fomos obrigados a fazê-lo, quer por educação, quer por necessidade de sobrevivência. Fazer qualquer uma dessas coisas será inútil se não tivermos nos colocado acima da situação. Em outras palavras, a reação cristã diante das adversidades, das provas, não é nem forçada e nem medíocre e transcende o ato em si.


Certamente você já ouviu alguém dizer: “Nem te conto: O fulano quase me fez perder a calma”. Quando esta pessoa falou sobre este episódio, com certeza o fez com um ar de vitória. Essa, no entanto, não é uma reação cristã autêntica. A reação cristã genuína necessita ir além do simples ato de resistir aos instintos naturais. Precisamos ser capazes de suportar mais. Esse é o chamado para andar a segunda milha. Se suportamos que alguém nos trate mal, esta é nada mais que a nossa outra face. Mas se tratamos extremamente bem aqueles que nos fazem mal, somos mais do que vencedores. 


A vitória cristã está sempre transbordando. Ela jamais é “apenas” o suficiente. Um cristão tem muito mais de reserva. Ele sempre transcende o que pode fazer de si mesmo. Sua vitória, portanto, não é forçada. Ele não necessita cerrar os dentes e usar justificativas para proteger-se. Ele é sempre capaz de manifestar a graça dos filhos de Deus.


Quem sabe hoje é o dia para que você possa aproveitar e sair da esfera cognitiva do cristianismo e passar a transportá-la para dentro das suas atitudes. Quem sabe hoje é o dia para que você seja o protagonista e não apenas ouvinte dos ensinamentos de Jesus. Que você possa ser hoje uma extensão do amor, da graça e da misericórdia do nosso Deus. Tire, hoje, um tempo e peça para que o Senhor ajude você a não pagar mal com mal, mas pague o mal com o bem e se alguém lhe pedir para andar uma milha, vá além e ande a segunda, a terceira. E se alguém lhe bater numa face, ofereça-lhe a outra, ofereça-lhe além da face o seu amor. É muito? Pense nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana.


Pastor Luciano Miranda Martins – 04.04.2016.


Pastor escolar do CEAP – Ijuí/RS

21/03/2016 - Mensagem desta semana: Onde estamos investindo?

Você já deve ter lido a frase dita por Jesus em Mateus 7.12: “Faça aos outros aquilo que você gostaria que fizessem para você”. Esta palavra fez-me lembrar das tantas vezes que cheguei há algum lugar alegre e empolgado, saudando as pessoas com um sonoro “Bom dia”. Não foram poucas vezes em que não ouvi nada de volta. Aquela sensação esquisita! Pensava: “há algo errado comigo, ou com eles?” Mais triste ainda é se lembrar de haver feito um favor, ou ter sido gentil e educado com algumas pessoas e não receber sequer um "obrigado". Muito menos um leve sinal de reconhecimento. Claro, não o fazemos para receber algo em troca, mas dá ou não dá um sentimento de frustração? Duvido de que um cachorro seja tão insensível quanto, muitas vezes, os seres humanos o são. Ao menos, o rabo eles balançam.


Infelizmente não temos poder para mudar os outros. Mas podemos mudar nosso procedimento e, através dele, mudar nossa forma de nos relacionarmos com as pessoas. Creio que muitas coisas ruins que estão acontecendo conosco são reflexo daquilo que temos investido, quer nos nossos relacionamentos, quer na vida profissional, ou espiritual. Por isso, desafio você a pensar com mais seriedade e profundidade sobre aquilo que de fato você tem feito e investido na sua vida. Não é por acaso que Jesus nos alerta para o fato de que quem semeia vento colhe tempestade.


Portanto, seja generoso, seja amável, seja compreensivo com as pessoas e, com certeza, todas estas qualidades irão voltar, como um bumerangue, também para você. Se as coisas estão difíceis, se seu jeito não lhe ajuda, dobre seus joelhos e faça como o salmista: Eleve os seus olhos para os montes e peça as forças do alto. Permita que o Senhor lhe ajude e lhe oriente em todo seu proceder. Pois assim os frutos do Espírito, que são a bondade, longanimidade, mansidão, domínio próprio e tantos outros, vão se manifestar na sua vida e você vai experimentar as bênçãos de viver cada novo dia com a certeza de que coisas boas vão lhe acontecer. Esteja preparado para elas. Pense Nisso!


Um forte e carinhoso abraço e excelente semana de Páscoa!


Feliz Páscoa!!!


Pastor Luciano Miranda Martins – 20.03.2016.


Pastor escolar do CEAP – Ijuí/RS.


14/03/2016 - Mensagem desta semana: Hora de acordar!

Você sabe exatamente por que acordou hoje? Por que o despertador tocou? Por que tinha um compromisso com o relógio ponto da empresa? Ou por que foi obrigado a ir para o colégio? Ou por qualquer outro afazer? Eu lhe digo: As pessoas acordam por que têm motivos, muitos motivos que as fazem sair da cama, todas as manhãs. Algumas mais cedo, outras mais tarde, mas todas acabam acordando e saindo da cama por algum motivo. Mas o motivo que as leva a fazer isso é realmente importante ou faz parte de uma rotina com a qual já se acostumaram? Será que ainda pensamos no porquê de acordamos a cada manhã?


E se hoje, melhor, amanhã, você simplesmente resolver não acordar ou pelo menos ficar mais tempo na cama, apenas porque sentiu uma vontade enorme de ficar ali. O que irá acontecer? Quais seriam as consequências dessa sua escolha? Entendo que nem sempre é possível conseguir uma justificativa muito forte para fazer o que realmente gostaríamos de fazer. Mas pense, como seria se isso fosse possível?


Vou contar uma história para você: “Certa vez um discípulo queria largar tudo para viver uma vida mais espiritual, mas sempre alegava que a família o amava demais para deixá-lo ir. Cansado de ouvir sempre as mesmas desculpas, seu mestre o questionou: - Amor? Isto não é absolutamente amor. Desafio você a fazer uma prova para ver se eles realmente o amam. O mestre revelou-lhe então um segredo respiratório, pelo qual ele poderia fingir estar morto. Ao que o homem colocou a estratégia em prática. Assim, na manhã seguinte, o homem estava morto por todas as aparências exteriores e em sua casa ouvia-se o choro e lamento de toda família. Nesse instante, o mestre apareceu e disse à família em prantos que ele tinha o poder de trazer seu amado parente de volta à vida se houvesse, entre eles, alguém que morresse em seu lugar. - Tem aqui algum voluntário para fazer a troca? – perguntou o mestre a todos os presentes. Para espanto do ‘discípulo defunto’, cada membro da família começou a enumerar razões por que era necessário conservar a própria vida. Sua esposa resumiu os sentimentos de todos com uma frase: - Não há necessidade real de ninguém tomar o lugar dele, mestre. Nós nos arranjamos sem ele”.


Só uma história, mas nos faz pensar muito. Por isso, volto a lhe fazer uma pergunta: Você tem alguma razão para não fazer hoje o que realmente é importante para você mesmo? Pense Nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


 


Pastor Luciano Miranda Martins


Pastor Escolar do CEAP – Ijuí/RS

07/03/2016 - Mensagem desta semana!

Certamente vocês já devem ter ouvido a seguinte frase: “Aprendemos mais com os nossos erros do que com nossos acertos”. Creio que aqui também cabe muito bem as palavras de Charles Dickens que diz: “Cada fracasso ensina ao homem algo que ele precisava aprender”.


Por que será que lamentamos tanto quando nos decepcionamos, perdemos e erramos? O mundo não acaba quando nos enganamos. Mas, precisamos tirar partido dos nossos erros. Por que tudo teria que ser correto, coerente, sem falhas? As quedas fazem parte da vida e do nosso aprendizado. Que dói, dói. Ah! Isso não posso negar! Dói no orgulho, principalmente. E, quanto mais gente envolvida, mais nosso orgulho dói. Portanto, o humilhante não é cair, mas permanecer no chão enquanto a vida continua seu curso.


O problema é que julgamos o mundo segundo nossa própria maneira de olhar e nos esquecemos de que existem milhões e milhões de olhares diferentes do nosso. Mas, não está obrigatoriamente errado quem pensa diferente da gente, só porque pensa diferente. Nem obrigatoriamente certo. Todo mundo é livre para ver e tirar suas próprias conclusões sobre a vida e sobre o mundo. Às vezes acertamos, outras erramos. E somos normais assim.


Então, numa discussão, numa briga, pare um segundo e pense: "E se eu estiver errado?" Essa é uma possibilidade na qual raramente queremos pensar. Nosso "eu" nos cega muitas vezes. Nosso ciúme, nosso orgulho e até, por que não, nosso amor. Não vemos o lado do outro e nem queremos ver. Somos assim, muitas vezes, injustos tanto com o outro quanto com a gente mesmo, já que nos recusamos à oportunidade de aprender alguma coisa com alguém. E porque tanta gente se mantém nessa posição temos desavenças, guerras e separações. Ninguém cede e as pessoas acabam ficando sozinhas. Agora, de que adianta ter sempre razão, saber de tudo, se no fim o que nos resta é a solidão? Certa vez ouvi: “Entre ter razão e ser feliz: seja feliz”. Vida é partilha. E não há partilha sem humildade, sem generosidade, sem aprendizado e sem amor no coração. Pense Nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


 


Pastor Luciano Miranda Martins – 07/03/2016.


Pastor Escolar do CEAP- Ijuí/RS


29/02/2016 - Mensagem desta semana: Intenções ou atitudes?

Ultimamente tenho refletido muito sobre o que é mais importante: Intenções ou atitudes? Ouvimos com facilidade pessoas dizerem: “o que vale é a intenção”. Eu digo que “boa intenção” não tem valor algum sem uma atitude. Como diz o ditado: “De boas intenções o inferno está cheio”. Ou seja, a grandeza do ser humano está na atitude, na ação. De que adianta ter a intenção de ajudar alguém, se não formos capazes de mover um único dedo nesta direção? De que vale a intenção de respeitar alguém, se na verdade agimos pensando apenas em nós mesmos? De que vale a intenção de amar, se agimos com o mais puro desamor?


A intenção, desprovida da atitude, vale muito pouco, para não dizer: nada. Eu posso ter os mais belos pensamentos e ideais, mas se eles não estiverem acompanhados de atitudes coerentes, tornam-se apenas uma cantiga para anestesiar a minha consciência ameaçada pela culpa de não ter agido de acordo com ela. Pare e questione-se: “Quantas coisas na sua vida têm sido mera intenção e, ao analisar, percebe que não obteve o resultado que gostaria, porque faltou um ingrediente, a atitude”? Será que não somos ótimos em teorias, mas péssimos na prática? Fico pensando nas pessoas que já tiveram intenção de mudar de emprego, de cidade, de condição, de vida, mas não agiram. Tem também aqueles que dizem: “Eu não tive a intenção de ferir ninguém”.


Quero finalizar minha mensagem provocando mais uma reflexão. Para mim, intenções são para covardes, que fogem e se escondem. Apenas os corajosos são capazes de ter atitude. Coragem tem a ver com ação, com enfrentar as dificuldades de frente. Se você gosta de alguém, mostre que você gosta, a intenção não basta. Tenha atitudes amorosas. Seja atencioso, respeite, proteja, acalente. Torne-se presente. Olhe de verdade para essa pessoa, perceba a sua existência, coloque-se no lugar dela. Tente perceber o que ela pode estar sentindo e tente agir da melhor forma que puder. Não se esconda atrás de suas intenções. Palavras bonitas são as que vêm acompanhadas de atitudes. Tenha um dia abençoado e repleto de atitudes.


Pense Nisso!


Pastor Luciano Miranda Martins – 29/02/2016.


Pastor Escolar no CEAP – Ijuí/RS


22/02/2016 - Mensagem desta semana: Elogiar faz bem!

Em Hebreus 3.13, temos o seguinte conselho que, se aplicado no nosso dia a dia, certamente seríamos e faríamos as outras pessoas mais felizes: “Ao contrário, encorajem-se uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama "hoje', de modo que nenhum de vocês seja endurecido pelo engano do pecado”.


Pare e pense em como a vida e os relacionamentos seriam melhores se as pessoas aproveitassem suas palavras para encorajarem-se umas às outras. Certamente, diriam: "Seria o céu". Que tragédia perceber que normalmente dizemos tão poucas palavras de afirmação e estímulo uns aos outros. Permitimos que emoções como dor, desapontamento e ira nos impeçam de falar palavras positivas uns aos outros ou, talvez, simplesmente ficamos presos ao padrão de comentários negativos. Como resultado, a distância e o descontentamento só fazem aumentar.


Não há como negar que todos nós gostamos de ouvir palavras de afirmação, e aqueles cuja principal linguagem do amor são palavras de afirmação as desejam ainda mais. Gostamos de sentir que nossos esforços são apreciados e que o outro vê algo de bom em nós. Quando somos incentivados, desejamos ser melhores. Quando somos ignorados ou condenados, desanimamos e nos afastamos ou, então, ficamos irados e hostis. As palavras positivas podem mudar a atmosfera emocional num relacionamento. Precisamos procurar algo bom no outro, seja ele nosso familiar, nosso colega de estudo, de trabalho, seja lá quem for, e destacar isso. Tal postura faz milagres.


O autor de Hebreus sugeriu que os cristãos incentivassem uns aos outros como uma proteção contra corações endurecidos e o pecado. O incentivo é importante. Nossas palavras são como remédio para um relacionamento doente. Existe cura e ela normalmente começa com palavras de afirmação. Mas, também podemos usar nossas palavras para derrubar, inibir ou destruir. É uma escolha.


Por isso, aproveite os seus dias para fazer a escolha certa e a diferença na vida das pessoas. Pare de ser alguém pra baixo, um pé frio, um desmancha prazer. Seja alguém que ajuda a melhorar a vida de outro alguém. Que suas palavras sejam bênção e não freio de mão puxado. Valorize a pessoa que está a sua volta. Diga que ela é importante para você. Diga que você gosta dela, que aprecia seu jeito de ser. Diga para seu cônjuge que você o/a ama. Que gosta do que ele/a faz. Diga para seus filhos que você tem orgulho deles. Diga ao seu colega o quanto ele é especial. Demonstre para as pessoas que você as aprecia e, assim, estarás encorajando-as a terem um dia maravilhoso. Acredite, você não tem noção do que um elogio, uma palavra positiva, podem fazer no coração e na mente de um ser humano. Tome como meta em sua vida ser instrumento para animar e incentivar a vida das pessoas que estão em sua volta. Pense Nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 22/02/2016.


Pastorado Escolar do CEAP – Ijuí/RS


17/02/2016 - Mensagem desta semana: Marta ou Maria?

Ontem, com o início do ano letivo, acabei me envolvendo bastante durante o dia. Hoje, fui surpreendido por uma leva de mensagens de gente querida na minha caixa postal: "Cadê a mensagem da semana?" Então, vamos lá.


Hoje pela manhã, ou madrugada, recomecei a fazer algo que há muito não fazia: retomei as caminhadas bem cedinho. Às 06h, saí rumo às ruas de Ijuí. Manhã fresquinha, pouca gente na rua, quando ao caminhar veio muito forte à minha mente a história de Marta e Maria. Quero aproveitar este “Boa semana” para falar ao coração de vocês nesta manhã. Em Lucas 10.38-39: "...e certa mulher, por nome Marta, O recebeu em sua casa; E tinha esta uma irmã chamada Maria ..."


Creio que a grande maioria de nós conhece esta história. Creio que ela pode nos levar por muitos caminhos. Pessoalmente quero convidar vocês a olharem para a individualidade de cada pessoa e do quanto sua vida e história tem algo a nos ensinar. Nossas duas personagens, Marta e Maria, mostram muito da motivação que existe por trás de nossas ações. Cada um de nós recebeu dons e talentos provenientes do Senhor. Uns são mais amáveis, outros mais hospedeiros, outros mais didáticos, outros mais alegres. Todos têm seu temperamento e sua forma de viver. Jesus nos ensina uma lição diante destas diferenças: Viver aos Seus pés é o que torna a nossa vida diferente. As pessoas podem usar estes talentos ou dons para sua própria glória. Podem usar para agradar outras pessoas ou podem usar para o propósito genuíno que é glorificar a Deus.


Olhando para minha vida, percebi que nos últimos tempos estava atarefado em fazer coisas para deixar bem as pessoas que estavam em minha volta. Estava sendo Marta. E, assim, muitas vezes também me via reclamando como ela. Percebi que muitas vezes gastamos tanto tempo em deixar as coisas bonitas, bem vistas, nos preocupamos tanto com o que é aparente, que quando Jesus chega estamos cansados. Quem já não se sentiu assim?


Foi assim que percebi que o que faz as pessoas encontrarem o propósito de Deus para a sua vida é escolher ser como Maria. Precisamos reconhecer que existem diferentes formas de demonstrar amor. Uns falam, outros fazem, uns servem, uns param no tempo, etc. Jesus provou que por meio do amor podemos viver uma vida com propósito e combater o bom combate, mas para isso temos que escolher a atitude de Maria.


Jesus amava Marta e a sua maneira de demonstrar amor. Jesus sabia que o que Marta fazia era de todo o coração. Que estava sendo sincera e que era o seu melhor. Marta só queria que Ele se sentisse bem. Queria tudo preparado e bem visto para o Seu conforto. Não é assim que nós muitas vezes agimos também. Cuidamos do externo, do aparente, aperfeiçoamos nosso modelo de servir, de pregar, de amar, de cuidar, e até mesmo de orar, mas nos esquecemos de sentar-nos aos pés de Jesus e aprender com Ele as maravilhas do Reino, ainda não vistas, ainda não faladas.


Por isso quero aproveitar este “Boa semana” para lhe dizer que Jesus espera de você uma atitude semelhante a de Marta: sente-se aos seus pés e deixe Ele falar ao Deus, Pai, tudo sobre você. Deixe Ele tocar seu coração, sua mente e sua alma. Sinta Sua presença. Prove Seu amor. Pense Nisso!


Uma ótima e abençoada semana!


Pastor Luciano Miranda Martins – 16/02/2016.


Pastor escolar do CEAP – Ijuí/RS


10/02/2016 - Mensagem desta semana: Dia de mudança!

Hoje vamos falar sobre mudança: Mudança de atitude. Você já percebeu que algumas pessoas acreditam sinceramente que se as outras mudarem elas serão mais felizes? Mas, pior do que acreditar nisso é passarmos a maior parte do nosso tempo tentando mudá-las. Tentar mudar os outros para ser feliz tem sido o alvo de muitos.


Quem nunca pensou ou disse: “Se meu cônjuge mudar, nosso casamento vai melhorar", "Serei mais feliz se meus pais mudarem", "A minha vida será bem melhor, quando meu filho mudar suas atitudes", "Como eu queria que alguém falasse com meu amigo para que ele mudasse”, etc. Ter esse tipo de pensamento faz com que muitas pessoas condicionem a sua felicidade à mudança do outro. Pensar dessa forma é viver no mundo da ilusão e viver esperando pelo "grande dia da mudança" para ser feliz. Quando vivemos assim é como se vivêssemos à beira de uma estrada chorando e reclamando, ao invés de estar na estrada desfrutando das suas lindas e belas paisagens. Não caia nessa, pois acreditar que só seremos felizes quando os outros mudarem é colocar em risco a nossa vida e, assim, a nossa felicidade.


Alguém escreveu: “Você precisa compreender que enquanto permanece tentando controlar o incontrolável (o comportamento de outra pessoa), estarás perdendo a tua própria liberdade! Alguns dizem: 'Minha vida é em função de meu filho/marido/irmão. Se ele melhora, eu também melhoro. Se ele está mal, eu também fico mal.' Que decisão é esta de alguém só ficar bem se o outro também ficar? Isto é uma ilusão”.


Só quem já passou por isso, ou está passando, sabe como é horrível viver assim, pois a pessoa que condiciona a sua felicidade à mudança dos outros, na verdade é um grande sofredor e vive de migalhas ao invés de desfrutar de um belo banquete. Para quem vive a vida acreditando que será feliz se os outros mudarem quero dizer que existem duas verdades que aprendi e que me ajudaram a libertar-me desta prisão. 


1) Eu não posso mudar ninguém: Se a pessoa não quiser mudar, eu não irei conseguir essa mudança. Milhares de pessoas estão perdendo o sono preocupadas com as más atitudes dos outros e tentado desesperadamente mudá-las. Aceite meu conselho: Se vai gastar tempo tentado mudar alguém, então gaste esse tempo com você mesmo. Diz um ditado popular: “Pode-se levar o cavalo à fonte, mas não se pode obrigá-lo a beber”. Ou seja, podemos ajudar alguém dando conselhos e indicando o caminho, mas nunca podemos fazer o que somente ele pode fazer, somente ele pode querer mudar.


2) Eu posso mudar: Aprendi que algumas pessoas nunca vão mudar, mas se eu mudar serei um forte candidato a ser feliz e desfrutar melhor a vida, tendo a capacidade de lidar com esse tipo de pessoas que não querem mudar. Você não pode depender da mudança dos outros para ser feliz e desfrutar a vida que Deus lhe deu. Por isso, não gaste tempo nem energia com aquilo que só Deus pode mudar.


Por isso aproveite os seus dias para mudar as coisas que precisam e que você pode mudar na sua vida, mas não espere pelos outros para ser feliz. Seja feliz a partir das coisas e circunstâncias que Deus lhe permite viver. Pense Nisso!


Tenha uma ótima e abençoada semana!


 


Pastor Luciano Miranda Martins – 08/02/2016.


Pastorado escolar do CEAP – Ijuí/RS

Foram encontrados 51 registros.

© Copyright 2010 - Colégio Sinodal Rui Barbosa - Direitos Reservados
Rua Pedro Vargas, 561 - Carazinho-RS - 99500-000
Desenvolvimento Equipe de TI